sábado, 27 de junho de 2009

Participação da equipa (Mação)

Marcaram presença: João Valério e Renato Valério*
* Atleta convidado em representação da Zona 55 Bike Team
Duração do passeio: 3 Horas
Distância percorrida: 38kms
Nos passeios nocturnos o mais giro são as alterações efectuadas nas bikes para acolherem os dispositivos de iluminação. As nossas alterações:
VAG> Para trás: 1 dispositivo de leds (vermelho); Para a frente: 2 lanternas de leds no guiador + 1 lanterna de leds na cabeça (tipo mineiro).
ORBEA> Para trás: 1 dispositivo de leds (vermelho); Para a frente: 1 lanterna de leds no guiador + 1 lanterna de leds na cabeça (tipo mineiro) + 1 foco de leds na suspensão (ligado a 1 bateria).
O Carlos Lopes, apesar de inscrito não correu por problemas de saúde. No entanto deslocou-se ao Mação para dar uma força ao Renato e a mim (Valério). Pela 1.ª vez calhou-me o n.º 1 num evento de btt, sem ter feito por isso.

Compareceram ao passeio cerca de 70 atletas, de entre as equipas presentes e só mencionando algumas, estiveram presentes: Zona 55 Bike Team, A Lareira/Claro Estores, BTTrupe, BTT Sardoal, BTZ Mação ...


Antes de se iniciar o passeio, o Vítor fez algumas recomendações aos atletas.

Partida dos atletas.

Os primeiros 10kms foram percorridos em alcatrão, até à localidade de Chão de Codes.
Logo no 1.º km a 1.ª desistência. Feminina. Não estava habituada a estas andanças.

E eis a 2.ª surpresa do passeio. Um cervejeiro bttista. Reparem no pormenor dos copos da imperial no bolso do jersey e no bidon de 5L de imperial agarrado ao quadro da bike.

Com tanto peso não eram fáceis as subidas. O Nuno Inácio ía dando uma ajudinha.


Chegada a Chão de Codes.

O alcatrão estava a acabar bem como a luz do dia...

Ao fundo o meu foco de luz já se notava.
Mais uma subida a preparar os atletas para a derradeira subida às eólicas.

Conforme havia sido combinado com a Organização, eu e o Renato mantivemo-nos a fechar o último grupo de bttistas dando ajuda e indicações na direcção a tomar (às vezes) enquanto o Vítor liderava um pouco mais à frente. Aqui ajudando a Anita.

Sensivelmente a meio da longa subida às eólicas na Serra dos Bandos.

Começava-se então a descer, em direcção a trilhos empedrados. No nosso grupo ninguém furou!

Já na ZA lá no alto, o grupo de que fazíamos parte "engrossou" para 13 elementos.

O abastecimento estava razoavelmente bem composto de alimentos e público.

A imperial era por conta da equipa A Lareira/Claro Estores.

Após um ou outro atraso e algumas quedas pelo meio, lá íamos seguindo de regresso ao Mação.

Já à chegada à meta, onde constámos que os 30 kms afinal foram 38.

O passeio não teve contagens de tempos nem classificações, uma vez era só puro divertimento.

A Organização do Mação Total, em troca da inscrição (gratuita) ofereceu uma t-shirt alusiva ao evento, dorsal e ainda uma bela ceia de porco no espeto bem regado... e estava uma delícia.

O grupo que a Zona 55 Bike Team levou até ao Mação foram os primeiros a encontrar o porco! Pessoal da Organização, façam mais passeios nocturnos e principalmente a este preço...
Texto: Valério****** Fotos: Valério, Sofia e Bruno (A.C.R. Chão de Codes)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...