domingo, 5 de maio de 2019

Participação da equipa (Olivenza - Espanha)

Participação a cargo de:
65km - João Guerra, João Valério, Vítor Guerra

Pelo 2.º ano consecutivo e fruto da estreita colaboração entre o nosso clube e "Os Pelinhas" - clube organizador, regressámos a Olivenza (Extremadura - Espanha), para mais um Findbike Internacional. Desta vez representados por 3 atletas e pelo nosso fotógrafo oficial Jorge Rabaça. Acompanharam-nos também os nossos amigos do A. C. BTT do Fôjo, que se estrearam neste evento.

 O kit de participação era simples mas de qualidade. No interior do saco vinha o frontal e um jersey alusivo a este evento. No final, para quem terminasse a prova, recebia também a medalha de finisher.

À semelhança de 2018, o track foi bastante rolante com todo o acumulado positivo encostado nos últimos 20km, por isso, foi preciso gerir inteligentemente o esforço empregue.

Chegámos no dia anterior à prova, encontrando-se já em competição os atletas do Findbike Alqueva Internacional, que realizaram o prólogo no sábado. Ficámos alojados no Albergue Municipal de Olivenza, que foi disponibilizado gratuitamente aos participantes que o solicitaram. 

 O levantamento de dorsais foi tranquilo. Em prova estiveram um total de 230 atletas, repartidos da seguinte forma: Findbike Cicloturista 43km = 70, Findbike Cicloturista 65km = 101, Findbike Cicloturista 85km = 15, Findbike Trofeo Alqueva Chrono + Etapa 2 = 44

A entrada e controlo para a manga de partida, comum, foi também rápida e tranquila. Ao contrário de 2018, este ano a temperatura estava fantástica. O tempo estava fresco e havia até bastante nebulosidade nas zonas mais elevadas.

 No decorrer do posicionamento dos atletas na manga de partida, tristemente, há muito que já não via alguns espertos com as bicicletas no ar a avançarem para uma melhor posição de arranque.

 Os 3 representantes do Clube de BTT Zona 55, que há algum tempo têm andado arredados da competição btt, decidiram realizar a prova em grupo, mantendo-se juntos até final.

Às 10h00 espanholas (09h00 portuguesas), foi dado o tiro de partida. Este ano localizada nos limítrofes de Olivenza, com mais largueza e muito próximo ao início da terra batida, onde entrámos após cerca de 300 metros de arranque.

O pelotão seguiu bastante compacto durante os primeiros quilómetros, uma vez que o terreno plano e os dois rodados do trilho permitiu um bom lançamento da corrida. 

As zonas de abastecimento estiveram repletas de variedade e colaboradores. Valeu a pena as paragens para usufruir de tão bom serviço, onde em algumas delas havia também apoio mecânico.

O percurso de 65km não apresentou grandes dificuldades técnicas, nem físicas, à excepção dos 40km finais. A parte inicial desenrolou-se por entre pradarias a perder de vista. Sensivelmente a meio do percurso rolámos diversos quilómetros por single tracks situados nas margens da barragem da Pedra Aguda (Embalse de Piedra Aguda). A parte final pedalámos na Sierra de Alor, com uma subida que parecia interminável.

Os controlos de passagem e as marcações no terreno, estiveram na edição de 2019 num patamar muito superior ao da edição anterior. Notámos também a presença de mais staff no terreno e zonas com bastante público a puxar pelos participantes.

 As linhas de água encontrá-mo-las este ano secas, o que diminuiu o espetáculo. Relativamente a problemas técnicos e físicos tivemos a sorte de não sofrer nenhum, foi mesmo só gerir a condição física.

Laranjas, doces, água, bebida isotónica e hidratante, barrinhas... etc, era a escolher também neste último abastecimento que antecedeu as longas subidas finais após as quais se seguiram cerca de 8km de pedal a fundo até à meta. 

Tal como combinado, lá terminámos com a tripla com que iniciámos. Também uma inovação bem pensada e surpreendente nesta edição foi a existência de um local com oferta de bifana + bebida a cada participante, o que soube fantasticamente bem.  

 Alguns atletas, como foi o caso dos nossos amigos Renato e Pedro, aproveitaram para usufruir gratuitamente de massagens pós-prova.

 As classificações estiveram à responsabilidade da empresa ChipSerena. Os chips estiveram colados no verso dos nossos frontais.

 A distribuição dos originais troféus fabricados em madeira beneficiaram os mais rápidos.

 Os nossos representantes não ganharam prémios mas isso para nós não é importante. Valeu pelo excelente fim de semana de convívio e pela experiência além-fronteiras.

 
O almoço foi no Hotel Herdero***, nos limítrofes de Olivenza, onde fomos muito bem recebidos e servidos. O menu foi composto de 2 pratos (massa e carne). Após isto seguiu-se a viagem de 200km de regresso em amena cavaqueira. Resta-nos agradecer profundamente o convite que nos foi endereçado pelos amigos Os Pelinhas, os quais mais uma vez demonstraram excelente profissionalismo e um significativo aumento do nível de qualidade no Findbike 2019. Não deixem de ver o resumo em vídeo do percurso por nós realizado.



CLASSIFICAÇÕES GERAIS
(Findbike Cicloturista 65k)
001.º - 02.51.55 - Abel Gallardo (P-Dal Zafra, E.C.)
002.º - 02.53.01 - Jesus Solana (Recambios Antolin. G.C.)
003.º - 02:54:14 - Hugo Montero (Quima Proingo Team)
017.º - 03:17:48 - Renato Valério (A.C. BTT Fôjo)
018.º - 03:17:50 - Pedro Pires (A.C. BTT Fôjo)
054.º - 03:47:39 - João Valério (Clube de BTT Zona 55)
055.º - 03:47:40 - João Guerra (Clube de BTT Zona 55)
056.º - 03:47:40 - Vìtor Guerra (Clube de BTT Zona 55)
101.º - 05:11:42 - Último


ÁLBUNS FOTOGRÁFICOS




Créditos à reportagem
Texto: João Valério
Fotos: Eduardo Rivero, Jorge Rabaça
Vídeo: Clube de BTT Zona 55  

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...