domingo, 8 de maio de 2016

Participação da equipa (Almeida)

Representação a cargo de:
25km - Ana Almeida e Hugo Almeida
45km - Rui Almeida

Os elemento da Zona 55, chegaram à localidade de Almeida no sábado ao cair da noite, jantando no restaurante " A Muralha" (recomenda-se), pernoitando num Hotel ali pertinho, onde também já se encontravam outros atletas.

No Domingo logo de manhã, apesar de não estar frio, ao abrir a janela já se previa que não iríamos ter calor.
Após o pequeno almoço, preparámos-nos e pedalámos para a muralha, local de partida/chegada.

Este evento, neste bela localidade histórica de Almeida, com um plano de fundo espectacular, e com a prova a começar dentro das muralhas, bem organizada, mas também com o S. Pedro a querer participar, pois iríamos encontrar os trilhos um pouco pesados, pois a água e a lama era muita.



Trilhos bonitos, com passagem em pontes

Aqui, a Sara, pertencente ao Fojo, clube de amigos, da Zona 55
Os rios transbordaram e vieram participar na prova, pois seguiam as fitas pelos trilhos marcados.

Os atletas a ultrapassar todos os obstáculos encontrados, usando a técnica
 

Como não se levou os botes, tivemos que arranjar alternativa


Apesar do tempo, as marcações estavam bem colocadas, e como a água corria de todos os lados, não havia lama que sujasse os atletas.

O Hugo e a Ana, participaram nos 25 km, apanhando lama, mas conseguindo acabar a prova antes da grande enxurrada. O Hugo teve um problema técnico, acabando por ir ao chão, mas nada de grave.

Este evento realiza-se em Portugal, passando as fronteiras espanholas, e terminando novamente no nosso país, havendo grande apoio nas aldeias espanholas por onde passámos. 

Contra todas as coisas que possam ter corrido menos bem, é um evento muito interessante, pela zona em si, e pela organização, que ao longo dos anos tem demonstrado a sua experiência.


Classificação 25km
01.º - 01:13: 22 - Diogo Gonçalves (GarBike|Matos & Pereira|Sétima Arte)
02.º - 01:57:23 - Ricardo Gomes (individual)
03.º - 02:01:31 - Rogério Batista (Clube Terras do Côa - Sabugal)
26.º - 02:31:00 - Hugo Almeida (Clube de BTT Zona 55)
27.º - 02:31:05 - Ana Almeida (Clube de BTT Zona 55)
35.º - 02:50:36 - Último

Classificação 45km
001.º - 02:11:46 - Pedro Lacão (Centro Vicentino da Serra BTTeam)
002.º - 02:16:18 - Nuno Vicente (Centro Vicentino da Serra BTTeam)
003.º - 02:20:06 - Jorge Castela (Bandarras BTT Trancoso)
207.º - 04:10:59 - Rui Almeida  (Clube de BTT Zona 55)
292.º - 05:50:43 - Último

ÁLBUNS FOTOGRÁFICOS
Rotas e raízes

Texo: Rui Almeida
Fotos: Organização

Participação da equipa (Santa Cita)

Representação a cargo de:
35km - José Silva

 Realizou-se no passado dia 8 de maio a terceira edição do Raid Btt Rota dos Falcões na localidade de Santa Cita concelho de Tomar.


 Evento com duas distâncias a percorrer: mini raid com 35 Km e raid 55 Km. Local de partida e chegada na zona do A. C. R. Santa Cita onde estava o secretariado, almoço e  banhos nos balneários do pavilhão. A minha inscrição foi para a distância do mini raid 35 kms.


Partida dentro do horário previsto, com passagem por algumas ruas de Santa Cita e com a primeira subida em asfalto já fora da localidade, onde o Hugo Moreira, utilizando uma bicicleta de ciclocrosse facilmente ganhou distância para os demais perseguidores.

  À entrada na terra batida fez-se a já tradicional e divertida passagem pelo interior de uma fábrica de cerâmica desativada.


  Com condições climatéricas adversas, como de resto se tem vindo a verificar ao longo deste início de 2016, esperava-nos uma prova com o piso bastante pesado a exigir esforço redobrado. 



Muito trabalho feito pelos Falcões BTT (Organização) fomos encontrando ao longo do percurso, concerteza foram muitas as horas e dias de trabalho gastos aqui nestes trilhos nas proximidades da albufeira da Barragem de Castelo de Bode.






 O percurso com cerca de 35 kms, apresentava uma altimetria cerca de 700m, mas algo exigente tecnicamente a nível do piso com single track's de cortar a respiração com pontes de madeira e travessia de ribeiras pelo meio. 



 No dia anterior chovera bastante, mas a manhã esteve quase sempre solarenga. Travessia do rio Nabão por uma ponte militar com cerca de 70 cm da largura, bem marcado com fitas, marcação no pavimento e placas bem visíveis nas zonas de perigo, elementos da organização colocados nos locais de travessia de asfalto, abastecimentos bem colocados. 







  De salientar que dos concorrentes que se posicionaram nos seis primeiros lugares, quatro deles estavam inscritos para o raid, o que, de alguma forma, se serviram desta lacuna no Regulamento da prova, para obterem melhor classificação final e arredando-me assim de poder subir ao pódio.


Passagem por dois tuneis um dos quais a fazer lembrar a casa do terror das feiras. 


Quanto ao almoço, apresentava qualidade qb para um evento deste tipo. Em relação aos banhos, as instalações tinham as condições mínimas, água quente e espaço. Em relação à minha prestação, classifiquei-me em 7º lugar do mini raid com a distância percorrida de 36 Km em 1h56m.

001.º - 01:33:08 - David Conde (AportSports/Pódio/GC Barquinhense)
002.º - 01:34:24 - Rui Ventura (individual)
003.º - 01:36:06 - André Daniel (GC Barquinense)
014.º - 01:47:09 - José Silva (Clube BTT Zona 55)
170.º - 04:16:28 - Último 


ÁLBUNS FOTOGRÁFICOS
Claudia's Alibi
Falcões BTT (Organização)
Hugo Alves
João Bué
Liliana Faria
Luís Ribeiro
João Azevedo (RockBTT Thomar)
Urbina Varela

Créditos à reportagem:
Texto: José Silva
Fotos: Claudia's Alibi, Hugo Alves, João Bué, Liliana Faria, Luís Ribeiro, João Azevedo, Urbina Varela e Organização.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...