domingo, 1 de novembro de 2009

Participação da equipa (Souto - Abrantes)

Marcou Presença: João Valério - 44.º Classificado - 04:36:54 - 4 voltas - 62kms acumulado
Em representação a solo da equipa, estreia em prova de resistência (diurna).

Classificação Geral (clicar na listagem para aumentar)
Alinhados da esq.ª/dt.ª: Chamusco, Valério, Luís Inácio, Vítor Pereira.

A partida foi dada cerca de 15 minutos após a hora prevista.

Presentes estiveram alguns nomes e equipas bem conhecidos do panorama nacional.

Apesar de ser uma localidade pequena (Souto), foram muitos os populares que se deslocaram até junto da zona de partida e locais de passagem dos atletas para nos apoiarem.

Fôra dado o tiro de partida para as 4H de puro e duro btt, reforço DURO. Cada volta estava estimada em cerca de 15kms.

Haviam zonas para todos os gostos e diversos tipos de terreno: asfalto, terra batida, rocha.

Inicialmente havia julgado conseguir completar 5 voltas, no entanto, ao km 7, por volta da 3.ª subida (e as subidas eram as apelidadas de paredes), comecei a sentir fortes dores de estômago e as pernas não queriam colaborar (pouco descanso durante a semana e poucas horas de sono).


Lá me arrastei até ao final da 1.ª volta, prometendo a mim mesmo desistir na 1.ª passagem, pois não me sentia em condições de continuar, mas afinal, ao passar sob a Meta, a quantidade de público que ali se havia juntado a apoiar os participantes era tanto que decidi fazer outra volta.
Estava eu a 3/5 de finalizar a 2.ª volta quando me vi dobrado pelos primeiros 2 atletas.

Escassos minutos depois era dobrado pelo 3.º atleta.

Nos 300 metros de aproximação à Meta encontrava-se a Team Santos, tirando fotos e levantando o moral dos participantes com palavras de apoio.

Eis o 4.º classificado a dobrar-me numa das paredes.

Eis um dos bonitos single-tracks com que fomos presenteados.

Um outro single-track, todos eles impondo alguma atenção.



Ao fundo a Barragem do Castelo do Bode.

Na imagem o Dinis (Caracóis do BTT), que acompanhei durante 2 voltas.

Como a força nas pernas não era muita, lá ía tirando umas fotos.

Um dos participantes passando por um rapaz que regressava da "colheita" dos bolinhos santinhos! Segundo o miúdo, tinha sido proveitosa.

As paisagens eram fabulosas. Ao fundo um dos "braços" da Barragem do Castelo do Bode.

Zona de descida top speed (60.4 km/h foi o máximo que atingi).

Lá no fundo, seguia o Vítor Pereira que me havia agora dado uma volta de avanço.



Este evento deu-me a opoutunidade de voltar a testar a Merida Carbon FLX 2000, fornecida pela RHC Motos/Bikes. A suspensão (Rock Shox Tora) teimava em fazer-me a vida negra... e as costas num 8. O sistema de mudanças (a que não estou habituado) também me ía causando alguma confusão na mioleira.

O número 1 era ostentado pelo famoso Vítor Gamito (BTTrilhos).

Agora ultrapassado pelo Luís Inácio.



As subidas eram bem difíceis.

Coincidência: na 3.ª volta estava eu tirar uma foto com o Dinis, quando os 2 primeiros atletas me dão a 2.ª volta de avanço.

O melhor era desviar para deixar passar quem não desmontava.

Eu aqui em grande... pudera, era a descer!




Finalmente cumpria a 4.ª volta, bem longe das minhas capacidades normais, para a próxima espero estar em melhor forma.

A chegada da 1.ª classificada feminina, poucos minutos depois de mim mas com 5 voltas completadas. Refiro o facto de todas as 7 participantes femininas terem demonstrado uma garra enorme e com resultados extraordinários. Parabéns a todas elas.

De seguida decorreu o almoço (5*): Porco no espeto e uma canjinha maravilhosa. No decorrer procedeu-se à entrega dos prémios monetários, taças e medalhas. Os parabéns à Organização pelo excelente evento, à parte a dureza digna de uma prova do campeonato.
Reportagem: Texto-Valério / Fotos-Valério, Team Santos, SRS (desculpem se me esqueci de alguém).

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...