domingo, 13 de abril de 2014

Participação da equipa (Sertã)

Representação a cargo de:
15km - Abílio Bernardo, Ana Almeida, João Santos, José Gonçalves, José Rosa, Miguel Guerra, Nuno Santos, Sofia Lopes.
40km - Carlos António, José Silva, Rui  Almeida.
60km - João Guerra, João Valério.

Este fim de semana fomos até à Sertã para a nossa maior representação de 2014 até ao momento e também uma das maiores de sempre. A nossa comitiva foi composta de 13 participantes (presentes em todas as distâncias disponíveis) e ainda 3 apoiantes da Zona 55. Foi a nossa primeira presença nesta Maratona bem durinha.

Os percursos (todos eles) tiveram grau de dificuldade alto a nível físico/técnico para as distâncias apresentadas face a outros equivalentes onde costumamos participar. A distância maior levou-nos até junto da albufeira de Castelo de Bode.

 Esta foi a foto possível antes da partida, meio composta, pois andavam quase todos a aquecer (?). A tirar a foto está o Rui Almeida.

Estiveram presentes cerca de 250 betêtistas e a nossa equipa foi a 2.ª maior representada empatada com a BTT Brutal Team (Lisboa).


Os participantes nas diversas distâncias partiram todos num único pelotão.

 Os convidados Marco Chagas e Joaquim Gomes, fizeram um pequeno briefing antes da partida.



 Faziam-se as últimas afinações nas nossas GoPro.


O local destinado à zona de partida/chegada foi muito bem escolhido, a nível de paisagem e de espaço, pois a avenida marginal foi cortada ao trânsito propositadamente para a realização deste evento, o que facilitou a rápida e fluída partida.


 Os primeiros 5km foram em asfalto e logo a subir após escassas centenas de metros, até entrarmos em terra batida por um bonito single track desenhado junto a zona de vinhas.



Após lesão, o Rui Almeida regressou às participações em eventos.

 Após quase 1 ano sem representações em eventos, Sertã foi também testemunha do primeiro evento do ano para o Abílio Bernardo.

A 1.ª representação em eventos do nosso novo elemento, José Laranjeiro Gonçalves.

Ana Almeida no seu melhor!

 O Miguel Guerra a estrear o seu novo equipamento oficial de triatlo.

 O José Luís voltou "às lides" após grande período de interregno em eventos btt.

Na Maratona tivemos as maiores dificuldades técnicas e físicas com sobe e desces constantes, mas também as paisagens mais avassaladoras! Uma boa parte foi percorrida em comum com a GRZ (Grande Rota do Zêzere).



 As zonas de abastecimentos estiveram muito bem compostas. Na da foto, comum à Maratona e Meia Maratona, até tivemos direito a assadores conforme já vem sendo habitual nos eventos levados a cabo pelo Selinda BTT.


 O percurso esteve todo muitíssimo bem marcado, com fitas bastante visíveis, marcas no chão e placas informativas. Era praticamente impossível enganarmos-nos.


 Já perto do final fomos encontrar a "jóia da coroa" desta edição: algumas centenas de metros de mato desbastado e diversas pontes construídas sobre e em redor duma linha de água. Pena foi não encontrarmos fotógrafos em quantidade para retratar tão bonitos trilhos.


 Inclusivamente tivemos uma passagem com mais de uma dezena de metros por um túnel de passagem de um ribeiro, cujo fundo foi totalmente limpo de pedras e outros objetos, por forma a não criar qualquer embaraço para os ciclistas, sendo também instaladas tochas de iluminação portátil para conseguirmos ver no interior de tão escuro lugar.

 O regresso à Sertã terminou com alguns quilómetros em asfalto, que boa ajuda deram pois a pernas já mereciam zona para rolar a direito.


No geral a nossa participação não teve quaisquer acidentes graves entre os elementos que nos representaram, tendo o José Silva conseguido arrecadar para a equipa Zona 55/O Praticante, o 3.º lugar da geral na Meia Maratona, logo atrás do Marco Chagas que esteve aqui em excelente forma.


Aqui sim, já com toda a comitiva junta, preparados para o almoço, que mais uma vez teve lugar no famoso restaurante Ponte Velha


Tivemos que dividir o nosso pessoal por duas mesas para procedermos ao ataque aos Maranhos, receita bem tradicional da zona da Sertã.



 Uma foto com os grandes nomes do ciclismo nacional Marco Chagas e Joaquim Gomes.

Após o almoço foi tempo de um passeio de confraternização entre o nosso pessoal. Em Outubro voltaremos para mais uma Descida do Picoto. Obrigado e parabéns ao Selinda BTT pelo evento apresentado. Este evento será alvo de um artigo na revista "O Praticante" (edição 55).

ÁLBUNS DE FOTOS

CLASSIFICAÇÕES
001.º - 01:46:39 - Hugo Salvado (individual) 
002.º - 01:47:13 - Marco Chagas (C.C. Marco Chagas)
003.º - 01:48:37 - José Silva (Zona 55/O Praticante)
066.º - 02:51:21 - Carlos António (Zona 55/O Praticante)
067.º - 02:51:23 - Rui Almeida (Zona 55/O Praticante)
161.º - 04:47:52 - Último

01.º - 02:36:08 - Domingos Ladislau (Zenbio)
02.º - 02:45:18 - André Mota (Pombal Jovem/More Bike Park)
03.º - 02:45:21 - Nuno Vicente (Centro Vicentino da Serra BTTeam)
31.º - 03:43:31 - João Guerra (Zona 55/O Praticante)
37.º - 03:52:12 - João Valério (Zona 55/O Praticante)
54.º - 06:15:58 - Último

Vídeo-rescaldo Zona 55

Créditos à reportagem:
Texto: João Valério
Fotos: João Nobre, Organização (Selinda BTT) e Zona 55
Vídeo: Zona 55

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...