sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Participação da equipa (Guarda)

Representação a cargo de:
70km - João Valério

Depois de me haver estreado em 2014 juntamente com o Rui Almeida em representação do Clube de BTT Zona 55 no já então famoso Invernal da Guarda, voltei, desta vez sem companhia, passados 3 anos para, desta vez, me aventurar na distância maior. Como cheguei no dia anterior, o levantamento do kit de inscrição foi tranquilo, no secretariado que se localizava no Estádio Municipal.

O kit de inscrição veio composto de um prático saco de tiracolo, um par de utilitários manguitos e o obrigatório frontal com as respetivas braçadeiras.

Como estava instalado a pouco mais de 2km da zona de partida/meta, aproveitei desde logo a deslocação para fazer o aquecimento, mas a coisa não estava fácil. O dia amanheceu fabuloso, com um sol intenso mas incapaz de aquecer a temperatura ambiente, pois o termómetro marcava 1ºC.

Fui dos primeiros participantes a chegar à zona de partida onde, estranhamente e ao contrário do que experimentara há 3 anos atrás, à medida que os restantes participantes iam chegando às imediações ninguém se colocava na manga de partida, o que só veio a acontecer 10 minutos antes da hora prevista para a partida. Derivado ao frio, a maioria do pessoal estava a fazer aquecimento e os restantes estava abrigados em edifícios, no interior dos carros ou ao sol.  

Uma vez que ninguém se chegava à frente para começar a perfilar o pelotão, tive de dar o exemplo e, penso que pela primeira vez, me coloquei numa frente de corrida, sendo quase de imediato imitado, primeiro pelos diversos concorrentes aos primeiros lugares da classificação e depois pelos demais participantes. Talvez o motivo do tardio ajuntamento foi a escassa participação na distância Maratona (cerca de 60), agravada pelo facto da partida para as ambas distâncias ser distinta, com um intervalo de 15 minutos, partindo somente às 09h15 os participantes na Meia Maratona.


 Assim que partimos percorremos cerca de 5km em asfalto até entrarmos na terra batida. O ar estava gélido, com uma aragem extremamente fria, tendo-me esfriado as mãos logo que partimos mantendo-se assim até cerca do km10. Nem mesmo as primeiras subidas iniciais me permitiram aquecer. A dificuldade em respirar era grande.



Os primeiros quilómetros foram compostos de diversas subidas, levando-nos desde logo aos locais mais elevados do percurso, facilitando a quebra geral do pelotão e tendo-se formado pequenos grupos, onde eu calhei num grupo de cerca de 6 elementos, seguindo nós juntos cerca de 20km, por vezes uns adiantando-se e outros atrasando-se, mas quase sempre juntos.



Pelo caminho fomos presenteados com algumas descidas épicas, exigindo alguma técnica, permitindo-me dar folga aos travões e ganhar algum avanço a diversos adversários mais cautelosos.



 Já na segunda parte da prova, sensivelmente a partir do km43, começámos a verdadeira luta contra as cambras, pois os últimos 20km foram praticamente sempre a subir, por vezes com inclinação bastante acentuada. 


Lá íamos passando pelas diversas zonas de abastecimento mas, como é meu apanágio, por não gostar de descansos pelo meio e por levar comigo o necessário para sobreviver aos quilómetros a que me tinha proposto, não parei.


Pessoalmente, a nível de dificuldade física, a dureza estava toda acumulada a partir do km52, já com o percurso comum a ambas as distâncias e a partir de onde, já um pouco exaustos, nos deparámos com as subidas mais íngremes e extensas, onde vi e pude ultrapassar diversos participantes de uma e de outra distância apeados, a arrastar-se por ali acima.


Os últimos 5km foram comuns à mesma extensão inicial, usufruindo de uma pequena extensão a descer após muitos quilómetros de subida, com a zona final de entrada nas imediações e cidade já em asfalto, o que de alguma forma deu ânimo apesar de ser em subida, tendo eu chegado à meta sem qualquer acompanhamento.



Percurso/track da Maratona de BTT Invernal Cidade da Guarda 2017.

Um pouco além do anunciado, o acumulado final aproximou-se dos 1700m D+ para um total de 66km percorridos no percurso da maratona.

Depois do retemperador banho, bem quentinho por sinal, onde quase sem exceção se ouvia o pessoal repetidamente a tossir, resultado da inspiração de ar bastante frio ao longo de toda a prova, segui-se a deslocação para o espaço destinado ao almoço onde, cá fora, havia uma espécie de menu de entradas composto de enchidos e carne de porco no espeto, bem regado. O almoço foi ali ao lado, muito bem servido e com qualidade q.b..


O evento terminou com a cerimónia de entrega de troféus e prémios, o que aconteceu após o almoço mas à qual não assisti, pois tinha 200km de regresso para fazer até casa. Mais uma vez fui e fiquei um pouco triste por não ter encontrado neve, mas enfim... no futuro não prometo regressar a este evento, dada a distância de casa, porém se tiver companhia, nunca se sabe. De qualquer forma, aconselho vivamente todos os apaixonados pelo btt a participarem, pelo menos 1x na vida neste famoso evento beirão.

01.º - 02:48:14 - Ricardo Gomes (Lamigroup/Casa do Benfica de Castro D'Aire)
02.º - 02:49:44 - Nuno Ribeiro (individual)
03.º - 02:52:37 - Hugo Fernandes (Bandarra's BTT Trancoso/CCG)
28.º - 04:04:40 - João Valério (Clube de BTT Zona 55)
58.º - 05:59:05 - Último

ÁLBUNS FOTOGRÁFICOS

Créditos à reportagem
Texto: João Valério
Fotos: Cláudia Sofia, Miguel de Melo Costa, Município da Guarda, Nelson Oliveira, Photoburst.net, Sofia Lopes.

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Jantar de Natal


Chegada a época natalícia, mais um ano e mais uma vez o nosso Clube organiza um jantar de Natal para todos os sócios e suas/nossas  famílias.

Assim, aqui deixamos o convite a todos os sócios e família, para nos juntarmos num jantar de Natal, pelo que aguardamos confirmação até ao dia 03DEZ, exclusivamente por via email, ou telefone.

Confirmação: número de pessoas e idades das crianças

Local: Restaurante Nersant - Torres Novas

Dia: 07 de Dezembro de 2017

Hora: 20H00


À semelhança dos anos anteriores, o valor a pagar por pessoa è assegurado em 50% pelo Clube.

EMENTA 

Entradas: Queijo, presunto, mexilhão, salada de grão, feijão frade, cenoura com vinagrete, pasteis de bacalhau, rissóis, entremeada de coentrada e enchidos.

Sopa

Prato Carne: Vitela no forno com batata brava e salada
Prato de Peixe: Bacalhau gratinado com gambas e salada mista

Sobremesa: fruta e doce

Bebidas: água, vinho (branco e tinto), sumos, cerveja, café e digestivo


Presenças confirmadas

João Valério e Sofia Lopes
Rui Almeida, Ana e Hugo 
Nuno Santos e Cristina
Carlos António, Sandra e Inês
Samuel Nabiça e Raquel 
João Guerra, Cristina e Miguel
Abílio, Maria João, Sérgio, Tiago e Mariana
Zé Luís e Ana
Carlos Lopes, Ana Cláudia, Diogo e Cátia
Vitor Guerra, Marisa e Maria
Jorge Rabaça
José Santos, Adelaide, Beatriz e David
Filipe, Rita, Miguel, Tomás e Filipe
Carlos Moita e Deolinda
Pedro Silva, Catarina, João Pedro e Carolina
Pedro Lourenço e Tiago Lourenço

domingo, 5 de novembro de 2017

Participação da equipa (Almagreira)

Representação a cargo de:
45km - David Gonçalves, João Valério


No aniversário da 10.ª Edição deste evento, onde estivemos representados nas últimas 6 edições, estavam inscritos 500 bttistas para cumprir a distância única de 45km. Apesar do valor da inscrição ser bastante acessível (8€ com almoço incluído) para esta zona do país, as ofertas foram diversas e o frontal de qualidade.

Este evento, devido à existência de bons prémios monetários para os pódios dos diversos escalões, costuma contar com a presença de atletas bem conhecidos, vindos um pouco de todo o país. 

O levantamento dos kits de inscrição foi feito com rapidez, dada a boa Organização do secretariado do evento, onde também estavam disponíveis bolinhos, fruta e águas.

Desde cedo os participantes começaram a posicionar-se na manga de partida, com o objetivo de saírem o mais na frente possível, principalmente os que tinham por objetivo uma boa classificação.


Eu e o David ficámos sensivelmente colocados a meio do pelotão para a partida, cuja participação e objetivos eram simplesmente lúdicos.


A partida foi dada sensivelmente à hora declarada e o extenso pelotão para a distância única de 45km, lentamente foi-se esticando, sendo a velocidade inicial bastante elevada, pois todos queriam desembaraçar-se para conseguirem chegar às zonas de single track o mais soltos possível.



Com o percurso sempre muito bem marcado por fitas, placas, cal no chão e staff, foi fácil seguir a direção correta, porém nunca foi fácil seguir sem companhia. 




Apesar da brisa fresca, a manhã esteve sempre ensolarada e o piso estava fantástico após ter chovido dias antes, permitindo boas médias horárias. 



De quando em vez, sempre que nos deparávamos com um single track, alguns deles com algumas centenas de metros, rapidamente se formavam filas devido à exigência técnica.  






De as diversas zonas de passagem interessantes, a que mais se destacou foi a passagem pelo interior das instalações de um desativado galinheiro, cujo trilho estava ladeado por caixas de ovos... vazias. 



Quase sem nos apercebermos, já estávamos de regresso a Almagreira com os 45km cumpridos, em cuja meta nos esperavam líquidos e sólidos para recuperação do esforço empregue.


O almoço foi composto de porco no espeto, bem regado, pois claro, após o que se seguiram as cerimónias de atribuição de prémios. 


Entre os presentes, talvez a mais conhecida bttista da atualidade, Celina Carpinteiro, que não deixou os seus créditos por mãos alheias, vencendo destacadamente na sua categoria. 



Foram aproximadamente 45km com um acumulado positivo de 867m. Poderás descarregar o track do 10.º Raid BTT Terras de Almagra aqui, mas atenção, há diversas zonas que passam por propriedades privadas.

ÁLBUNS FOTOGRÁFICOS
Luís Simões
Organização

001.º - 01:58:18 - Bruno Sancho (individual)
002.º - 01:58:20 - Ismael Graça (individual)
003.º - 01:58:22 - Nuno Inácio (Jorbi/Prototype)
096.º - 02:32:39 - David Gonçalves (Clube de BTT Zona 55)
183.º - 02:50:16 - João Valério (Clube de BTT Zona 55)
468.º - 04:52:52 - Último

Créditos à reportagem
Texto: João Valério
Fotos: João Valério, Luís Simões, Maria de Fátima Gonçalves, Organização

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...