sábado, 26 de setembro de 2009

Participação da equipa (Ponte de Sôr)

Marcou Presença: João Valério (50 kms)

CLASSIFICAÇÃO 40KMS:
1.º - 02:15:11 Tiago Lavadelas (BTTAssumar/Muachos)
68.º - 03:14:02 João Valério (Zona 55 Bike Team)
189.º - 06:28:35 Último

Chegado ao local da concentração pelas 07H30, o secretariado funcionava rapidamente. Tal como é apanágio das provas organizadas pelo BTTSôr, a partida foi dada dentro da hora prevista, cerca das 09H00, após breve informação aos participantes.
À partida encontravam-se cerca duas centenas e meia (não confirmado) de atletas divididos pelas 2 distâncias disponíveis: 80kms e 40kms (que afinal foram 50kms).

O inicío percorreu algumas artérias de Ponte de Sôr em asfalto antes da passagem à terra.

Um inicío em terra batida logo a brindar-nos com uma subida nível 3. O terreno apresentava-se bastante rijo o que permitia fazer boas médias horárias, tirando alguns locais em que a areia apareceu em grandes extensões travando o ritmo ao pessoal.


No primeiro abastecimento: variedade de comestíveis (bolos, sandes, laranjas...), bem como águas e sumos, o suficiente. Uma ajudinha de um amigo de Cabeço de Vide que fez o favor de amparar a minha bike enquanto tirava a foto, peço desculpa por já não me lembrar do nome.
Descida antes do 1.º controle. Espectacularmente perigosa...
Umas das zonas mais bonitas do precurso dos 50kms, para mim, claro! Com algumas rochas e areia até mais não e descidas e subidas algo acentuadas a ladearem este local.

Ao km 38 eis que furava. Ainda tentei avançar com a roda meio-vazia mas era quase impossível dominar a bichinha. Ao passar com os dedos por dentro do pneu antes de montar a nova câmara de ar, dei com nada mais nada menos do que 5 picos entre os 6mm e os 9mm de comprimento. A câmara de ar parecia um passador... para arrancar os picos teve mesmo de ser à dentada que para fora já não saíam, perdi aqui ainda cerca de 15min. com este azar, era vê-los a passar...

Mais um local bem giro, com uma passagem em túnel single-track por debaixo da linha dos caminhos de ferro. No interior o chão estava repleto de água que escondia algumas pedras que lá iam desequilibrando o pessoal.

Já próximo à bifurcação dos 40/80 e a cerca de 4kms para a meta, em bom piso.
A escassos 6kms do final, uma simpática menina que acompanhava o fotógrafo do BTTSÔR, teve a gentileza de me arranjar água, a qual já me tinha acabado há alguns quilómetros atrás.

À chegada, foto com Jorge Santos (Team Santos - Entroncamento). Neste local esperavam-nos diversas variedades de bolos, bem como sumos e águas... estragaram-nos com mimos!
Foto no local de almoço onde foi servido o almoço, com capacidade para 300 pessoas. Da direita para a esquerda: Jacinto, Valério e Costa.

O Hélder "Benacho" a falhar no take, deixando o Jacinto mais parecendo um espírito ;). Almoço 5* mesmo, a servirem-nos à mesa: uma excelente sopa de peixe, grelhada de carne mista, salada mista, pão, vinho/sumo/água/cerveja, pudim, tudo à descrição para quem quisesse repetir.

Em balanço final mais um excelente evento com a garantia BTTSÔR.

Reportagem: Texto (Valério) e Fotos (Valério e BTTSÔR).

Participação da equipa (Évora)

ÉVORA – 26 de Setembro

Marcou Presença: João Guerra (50 kms)
CLASSIFICAÇÃO:
1.º - 01:59:34 José Almeida (Casa Benfica Reguengos Monsaraz) ............... 113.º - 02:35:03 João Guerra (Zona 55 Bike Team) ........................................ 457.º - 05:09:24 Último
À chegada a Évora, já muitos atletas faziam o seu aquecimento.

Outros dispensavam o respectivo aquecimento, uma vez que já se previa um grande aquecimento durante a prova! E aproveitavam para pousar para a fotografia!

A partida foi demorada, porque tivemos que deixar partir todos os outros participantes primeiro (para não atrapalhar-mos). Primeiro os concorrentes da Taça de Portugal de Maratonas; depois as mulheres, de seguida a Maratona dos 85 km e por fim, já perto das 10H15 lá fomos nós.

Aqui mais uma foto do atleta da Zona 55 na partida e esta foi só para compensar as zero fotos que tirou durante todo o percurso. E porquê? É muito simples, se não há força para pedalar, muito menos há para tirar fotos!

E pronto, aqui já a chegada. Eu sei que está algo confusa, mas está exactamente como eu quando cheguei à meta, confuso e desnorteado.

Depois de recuperar algumas energias, decidi posar outra vez para a foto e mostrar o meu troféu! Uma pequenita garrafa de água, mas soube-me que nem gingas!!!

Local do almoço. Uma quinta perto de Évora, que já não recordo o nome.



Disseram-me que o almoço estava espectacular! E eu acredito, mas praticamente não toquei em nada, apenas dois copitos de sangria e uns bolitos, porque quando me sentei à mesa ainda não tinha recuperado do esforço despendido.
Os meus parabéns à organização desta maratona, que uma vez mais esteve ao mais alto nível, penso que não falhou em nada. Até para o Ano!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...