domingo, 29 de maio de 2011

Participação da equipa (Chão de Codes - Mação)

Mais um ano, mais uma edição, a 7.ª da Rota da Água na Serra do Bando, com organização mais uma vez a cargo da Associação Cultural e Recreativa de Chão de Codes, localidade do concelho de Mação, onde os praticantes de BTT podem encontrar desafios à altura de todas as expectativas.

Track GPS do percurso maior.

Este track foi apresentado pelo Bruno Oliveira (Organização), no entanto não coincidiu com os nossos valores finais, que deram sensivelmente 49km com um acumulado de subidas aproximado a 1.850mts.

Cheguei cerca das 08H20, empolgado pela minha 5.ª participação neste evento que tem sempre lugar no meu calendário anual de eventos BTT. Este ano o número de participantes foi menor, com cerca de 50 betêtistas presentes para mais um desafio à condição física e a sempre esperada subida às eólicas.

Junto ao Miguel Serra (Cabeço das Águias). 

Mais uma vez auxiliei-me da minha já inseparável GoPro. Uma vez que este evento, como sempre, não teve classificações ou cronometragens, aproveitei para fazer o percurso maior em ritmo mais moderado, o que se revelou uma mais-valia, pois curti muito mais os trilhos.


 O Vítor dava algumas informações antes da partida. Este ano o percurso levou-nos numa direcção diferente daquela a que já estávamos habituados em outras edições, para as localidades de Amêndoa e Borda da Ribeira, onde os single tracks são um desafio ao equilíbrio.


Logo desde os primeiros kms juntámos naturalmente um grupo de 3 elementos (Tufo, Júlio e Diamantino), que se manteve até final. O meu agradecimento ao Diamantino e ao Júlio (Fôjo-Zybex BTT Team) pela companhia e disponibilidade para servirem de actores... eh eh.


Foto do dia no cimo da Serra do Bando.






Não consigo resistir quando vejo água...


Captação de futuros bêtetistas, não de futuros "ministas".


O almoço foi servido nas novas instalações da A.R.C.C. Codes. É com prazer que a cada ano vamos assistindo às inovações introduzidas e obras concluídas. Ainda ficam a faltar os balneários...

O almoço, como sempre, saboroso e servido com muita simpatia.

Em destaque a beleza da região e dos trilhos escolhidos, apesar da dureza. Os percursos tiveram boas marcações, mas notou-se mais uma vez a falta de algum apoio nas zonas mais perigosas. As ZA's estiveram em número e variedade de artigos suficientes. A introdução de classificações talvez trouxesse mais participantes, mas teria de envolver mais pessoal uma vez que obrigava a PC's. As diversas passagens que logo de início se "enrolaram" por dentro de Chão de Codes poderiam ter sido feitas de forma mais harmoniosa. O balanço final foi bastante positivo.


Aqui fica o vídeo do evento, para mais tarde recordar.

Reportagem:
Vídeo e Textos: Tufo
Fotos: Tufo e Assoc. Rec. Cult. de Chão de Codes.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Treino Semanal

Alguns elementos da Zona 55 juntaram-se para mais uma  Sexta-Feira = Treino.

Presentes estiveram, da esquerda para a direita:
João Valério, Sérgio Vicente, José Santos e Carlos António.  

O treino/passeio semanal desta vez foi direccionado para a procura de trilhos por nós desconhecidos, já com o objectivo de começarmos a escolher os percursos para a 2.ª Maratona da Zona 55, mas sem o GPS a coisa não foi fácil já que ninguém se entendia na direcção a tomar... ;)  

O início foi formidável, por trilhos bem rápidos e técnicos, o problema foi depararmos-nos com cancelas, uma vez que os acessos faziam-se por propriedades privadas. Temos de tratar disso! 

Inicialmente havíamos falado em ir até à nascente do Rio Almonda, mas os caminhos levaram-nos aos não menos conhecidos Moinhos da Pena, onde a paragem para fotos e reforço é sempre obrigatória.

Após discutirmos umas ideias, demos uma olhadela no relógio e já estava na hora de regressarmos à base, com muita pena nossa, pois o dia estava excelente para a prática de desporto, com pouco vento e uma temperatura convidativa ao contacto com a mãe natureza. 

Este ano tentaremos que a volta menor também venha a passar por aqui, de forma a que todos possam ter o privilégio de conhecer esta zona do concelho, sob pena de inflacionar a extensão final.

Muito trabalho ainda temos pela frente e só já temos 4 meses para o pôr em prática. Aos elementos da Zona 55 pede-se agora que se comecem a chegar à frente para ajudar nos trabalhos de escolha de trilhos e preparação da logística, contactem já com os elementos da Direcção do Clube face à vossa disponibilidade!
Na próxima sexta-feira há mais batidas, tragam ideias e não faltem ao treino.





Terminámos o passeio desta semana com um almoço de grelhados em ritmo de competição.

Fotos e Textos: J. Valério

domingo, 22 de maio de 2011

Participação da Equipa (Castelo Branco)

Participantes Zona 55 Bike Team:
X100 Tour (60 km)
David Gonçalves, João Guerra, João Valério

Track GPS do percurso percorrido pelos nossos atletas

Foi um dia de calor intenso, exigente até para os mais bem preparados, tanto a nível físico, como a nível técnico. Paisagens muito bonitas e acima de tudo com muito espaço para estacionamento na Zona Industrial de Castelo Branco e junto à Escola onde foram fornecidos os restantes serviços.

Track GPS da distância mais longa, o X100 Race

CLASSIFICAÇÕES
(Clicar Aqui para Visualizar por Escalões)

X100 Race (108km) - Clicar para visualizar Classificação Geral Absoluta
X100 Tour (67km) - Clicar para visualizar Classificação Geral Absoluta

X100 TOUR
SENIORES
1.º - 02H53'30" - Rúben Rocha (LivePlace by Palegessos/Bicicletas Santiago)
18.º - 03H48'54" - João Valério (Zona 55 Bike Team)
50.º - 07H03'07" - Último
+ 5 ELM/DNF

MASTER
1.º - 03H18'00" - Francisco Batista (Centro Vicentino da Serra BTT Team)
2.º - 03H19'01" - David Gonçalves (Zona 55 Bike Team)
9.º - 03H54'36" - João Guerra (Zona 55 Bike Team)
46.º - 07H03'08" - Último
+ 6 ELM/DNF

A "comitiva" da Zona 55 que se deslocou a Castelo Branco. Da esq.ª para a dt.ª:
David Gonçalves, João Guerra, Miguel Guerra e João Valério

O pequeno Miguel Guerra ficou desapontado por não se haver realizado o mini btt... 

 Estiveram em prova cerca de 200 participantes divididos pelas 2 distâncias.

A partida foi dada da zona industrial de Castelo Branco e de imediato o percurso foi dirigido para fora da cidade. A fraca adesão de público, infelizmente, foi uma constante. 

Durante todo o percurso, que consideramos ter sido duro, as belas paisagens iam-nos fortalecendo o espírito e convidando a um mergulho, uma vez que o calor foi intenso. 

David Gonçalves 

João Valério 

João Guerra 



Divisão de percursos. Havia quem tivesse dúvidas... 


O Rio Ocreza esteve quase sempre omnipresente. 


Algumas "Aldeias de Xisto" foram outras das deslumbrantes visões que nos proporcionou este evento. 





 Zona de subida já próxima a uma ZA, já na "reserva" a nível de "mantimentos".






O David foi o primeiro dos 3 elementos da Zona 55 a chegar. Ao início ainda afrouxou na esperança de "puxar" todo o grupo, mas à falta de pernas pelos restantes, decidiu-se por fim a ir lutar por uma boa classificação, que viria ainda a conseguir. 

 Quase meia-hora depois do David, chegava o João Valério...

... e quase 6 minutos depois chegava o João Guerra. 

De novo agrupados, dirigimos-nos para os banhos e depois, ali ao lado, o tão esperado almoço. Fez-nos companhia o amigo José Gouveia (Lamego Bike). 

Almoço: sopa de legumes e porco no espeto com migas e arroz-feijão. 

Após longo tempo de espera (03H30), o tempo que demorámos a fazer o percurso (menor), finalmente foi realizada a cerimónia de entrega de prémios. Na foto, David Lebre Gonçalves, João "Tufo" Valério e José Gouveia.

Montra de prémios a entregar. 

David no pódio. 


 Tufo também teve direito a prémio, no sorteio saiu-lhe um kit de limpeza.

Os últimos resistentes do evento ao final do dia em Castelo Branco. 

As grandes vencedoras deste evento. Espírito guerreiro sem dúvidas!
Pódio X100 Race Femininos

 Pódio Master X100 Tour

 Pódio Séniores X100 Tour

Pódio Séniores X100 Race. Onde está o 1.º??? Não estava presente!

Em balanço final, o percurso foi muito bem escolhido, com bonitas paisagens e dureza adicional face ao dia de calor que se verificou. As ZA foram em número suficiente e bastante compostas. Os colaboradores sempre simpáticos e atentos, com bom apoio no geral. A quase inexístência de público empobreceu o evento. As marcações muito boas. Os locais para partida/chegada e zonas de almoço e banhos apresentadas foram muito bem escolhidas e no seu melhor, com grandes zonas para o parqueamento de veículos. Pré-evento a Organização esteve sempre muito bem com todas as informações a serem disponibilizadas no seu site. Um aspecto menos positivo foi a retirada do pré-anunciado evento a disponibilizar para as crianças, que sem explicação não foi realizado e também a entrega tardia dos prémio.


O nosso vídeo.


O vídeo dos chamados profissionais.

Reportagem:
Textos: João Valério
Fotos: João Valério, Organização, BTT Lovers, Nuno Maia e Antero Santos.
Vídeos: Zona 55 e Localvisão TV.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...