sábado, 28 de janeiro de 2012

150.000 visitas

Os contribuidores deste blogue, agradecem a preferência de todos quantos nos têm visitado, especialmente aos nossos leitores/visitantes assíduos, pois o nosso objectivo, além de relatar as nossas actividades, é igualmente veicular a todos os apreciadores de bicicletas e em concreto aos apaixonados pela actividade que é o btt, todo o tipo de informações que, a nosso entender, consideramos interessantes para vós. Esperamos continuar ao nível das vossas expectativas. Obrigado!

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

JORBI - Gama 2012

JORBI Time Trial Carbon C12 Record
Este modelo, o "Fórmula 1" da marca, desenhado a pensar nas provas de contra-relógio, disponibiliza 3 montagens em quadros de carbono e 1 montagem em quadro de alumínio.



(clica nas imagens para aumentar)

Sendo a JORBI uma marca de bicicletas portuguesa, além de que a respectiva fábrica se localiza no mesmo distrito (Santarém) onde o Clube de BTT Zona 55 se encontra sediado, voltamos a dedicar-lhe mais uma reportagem para vos dar a conhecer os respectivos lançamentos 2012, mas ao nosso estilo!

JORBI Race Plus Carbon World Cup
Este modelo é o topo de gama dos modelos dedicados ao BTT, desenvolvido especialmente a pensar na competição, cujo quadro (novo modelo) em carbono está disponível em 7 montagens diferentes, cujos valores oscilam entre 1.799,00€ e os 4.899,00€, o quadro fica-se pelos 1.199,00€ e 990g de peso.
JORBI Race XC
Este modelo é  por assim dizer, o irmão gémeo do topo de gama MTB, cuja geometria é idêntica mas cujo quadro é fabricado em alumínio,  tendo à escolha 3 montagens com valores bastante mais acessíveis. Os PVP vão desde 1.099,00€ a 1.399,00€ (só o quadro: 259,00€) 

JORBI Sport XC
Esta linha de quadros Sport, que apresenta 4 modelos em alumínio, é a gama mais baixa de MTB da marca, cujos preços rondam entre os 499,00€ e os 919,00€.
JORBI Race Plus Carbon FS
Este é outro dos novos modelos introduzidos pela marca em 2012. É um quadro (1.599,00€/1.950g) em carbono de suspensão total, com 5 montagens à escolha. Os preços vão dos 2.599,00€ aos 4.599,00€.

JORBI Sport XC FS (alumínio)
Este modelo, em alumínio, que já se encontrava no mercado, foi também alvo de pequenas alterações, encontrando-se agora disponível em 3 montagens: F3 (13,170 kg), F2 (13,420 kg) e F1 (12,950 kg), cujos preços se situam entre os 1.299,00€ e os 1.899,00€ (só o quadro: 809,00€/2.100g).

JORBI Ciclocross Carbon
Este ano a Jorbi introduziu também no mercado a sua gama dedicada ao ciclocross, disponibilizando 4 montagens a realizar num quadro em carbono (1.299,00€). Os valores sobem desde 1.899,00€ até 2.799,00€.

JORBI Champion Xenon
Na estrada, o início de gama é este modelo, que equipa um quadro em alumínio (359,00€/1.260g), cujo modelo mais acessível às carteiras é o da imagem, pesando 8,530 kg e valendo 879,00€.

JORBI Champion Alu-Carbon 105
Já este modelo, equipando um quadro em alumínio/carbono (489,00€/1.240g), consequentemente mais leve, está disponível em 3 montagens diferentes, indo desde os 1.209,00€ aos 1.299,00€.

JORBI Evolution Veloce
O modelo Evolution é a entrada de gama nos quadros fabricados em carbono (999,00€/1.100g), combatendo a concorrência com nada mais, nada menos que 9 montagens distintas que vão desde os 1.599,00€ até aos 2.899,00€.

JORBI Ultimax Red Black
Este é um modelo pensado na competição, com 9 possibilidades de montagem num quadro em carbono (1.359,00€/890g), montando também as novíssimas rodas em carbono da marca JORBI, cujos preços finais oscilam desde os 1.359,00€ até aos 3.999,00€.

JORBI Supreme Super Record Team
A gama de competição por excelência, cujo quadro (1.699,00€/790g) é totalmente em carbono, bem como as rodas, igualmente da marca, sendo que os valores variam desde os 1699,00€ aos 4.999,00€.

JORBI Pista Carbon Olimpic
A apresentação termina em grande, neste modelo dedicado aos velódromos. Existem 2 montagens possíveis: a da imagem, cujo quadro (1.799,00€) é totalmente em carbono, pesando o conjunto 7,100 kg e a montagem com um quadro em alumínio (409,00€), atingindo o peso total de 7.590,00€).

Em caso de interesse poderão complementar a informação aqui publicada, acedendo ao site oficial da marca JORBI onde poderão conferir entre outros dados a tabela de preços.

Desde já o nosso agradecimento à colaboração fornecida pela Jorbi.

João Valério (textos e edição de imagem)
Pedro Grave (fotos Jorbi)

domingo, 22 de janeiro de 2012

Participação da equipa (Cartaxo)

Representação a cargo de:
40km - Pedro Silva

Numa manhã algo fria e depois de uma noite meio dormida, lá me desloquei ao Cartaxo para mais um evento de BTT.
O local de partida foi no recinto da Feira dos Santos, Parque de Exposições do Cartaxo, o qual oferece boas condições de parqueamento, o qual foi uma boa escolha por parte da Organização.

À partida para as duas distâncias (40km e 70km), estiveram cerca de 160 amantes do BTT, que teve incicio sensivelmente à hora programada percorrendo a cidade do Cartaxo de Oeste para Este, saindo da mesma já na parte Sul, chegando então a terrenos de terra.


As paisagens foram dominadas por caminhos ao longo de vinhas, como não poderia deixar de ser, ou não estivéssemos nós numa zona de bom vinho.

A chegada, deu-se sem grandes problemas e com alguns habitantes locais à espera de ver chegar os seus ídolos.


O almoço esteve cinco estrelas, composto pelo bom porco assado no espeto, salada, batata frita, pão, refrigerantes e vinho, rematado por pudim, gelatina ou salada de fruta.
Nesta fase da prova tive a companhia de dois amigos acabados de conhecer, a saber: Paulo Martins e Fábio Patrício, ambos de Alferrarede (Abrantes).


Classificações Parciais 40km
1.º - 01H43m45s - Rafael Correia
2.º - 01H45m44s - Pedro Nogueira
3.º - 01H47m03s - Manuel Pisca
42.º - 02H15m03s - Pedro Silva (Zona 55 Bike Team)
160.º - 04H02m45s - Último

Créditos à reportagem:
Textos: Pedro Silva
Fotos: Organização
Vídeo: Pedro Silva

domingo, 8 de janeiro de 2012

Participação da equipa (Pontével)

Representação a cargo de:
50km - João Guerra

A primeira representação da equipa em 2012, foi feita pelo João Guerra, que se deslocou a Pontével na companhia do amigo Pedro Lourenço.

Estiveram à partida cerca de 400 atletas, que se dividiram nas distâncias de 30 (38)km e 50 (53)kms.
A partida foi dada sem atrasos, cerca das 09H30.
Uma voltinha de aquecimento pela Vila para mostrar os novos equipamentos à população e em alguns casos para mostrar as novas máquinas adquiridas neste defeso.



O Pedro Lourenço trocava as voltas ao João Guerra e ao aproximar-se do segundo abastecimento já levava cerca de 5 a 6 minutos de avanço sobre o nosso atleta.
E claro, mais atrás, o Joneuore já não sabia se havia de sprintar ou tomar um gel. Não existe registo fotográfico mas há quem diga que alguns metros mais à frente o nosso atleta teve mesmo que parar para recuperar forças.


Pedro Lourenço a chegar à meta com um bom registo e até penso que terá cortado a meta em cavalinho.

Passados 10 minutos, o João Guerra a cortar a meta já em descompressão, face ao valente empeno que levou durante os 50 kms.



A foto da praxe.

Desta feita não pudemos ficar para o almoço, mas penso que estava bom. Pelo menos doces não faltaram.

O balanço final é positivo, para o ano podem contar com a representação da nossa equipa novamente e se possível com mais elementos.

Percurso Realizado
Classificações Parciais 50km
01h58m12s - 1.º - Marco Mestre (Penhas-BTTeam.com) 
01h58m15s - 2.º - Daniel Faria (ATX Cycling Store)
02h00m28s - 3.º - Duarte Marques (Clube Desportivo Águias de Alpiarça)
02h48m03s - 98.º - João Guerra (Zona 55 Bike Team)
04h04m17s - 146.º - Último
CLASSIFICAÇÕES GERAIS: 

Filmagem Onboard

Créditos à reportagem:
Texto: João Guerra.
Fotos: João Guerra e Organização.
Filme: Co-Produção e Co-Edição a cargo de Jonuore Produções e Tufo Produções, imagem de João Guerra, com os apoios de D'Maker, O Praticante e Clube de BTT Zona 55.
Track: Organização.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Zona 55 em Timor

Bandeira de Timor Leste

Para começar o ano em grande, nada melhor que a reportagem da nossa representação em Timor Lorosae, mais concretamente em Dili, a cargo do Abílio Bernardo. Perdemos (temporariamente) um companheiro de participações aqui em Portugal, mas em troca temos as nossas cores além fronteiras, por sinal, muito bem representadas. 

O Abílio encontra-se inserido na força de manutenção da ordem ao serviço das Nações Unidas, em Dili, onde se encontra desde Março de 2011. Devido a imposições logísticas, não lhe foi possível levar a sua bike com que anda cá em Portugal, vai daí, ao chegar a Timor investiu numa bike cuja marca e modelo era até ao momento completamente desconhecida para nós: United Avalanche, fabricada nos E.U.A.

Por incompatibilidades de serviço, só tem tempo para treinar ao final do dia, mas em contrapartida tem a possibilidade de desfrutar de um pôr-do-sol magnífico. O Abílio teve ainda a possibilidade de ser o primeiro elemento do Clube a receber o equipamento 2011, devido à sua ida repentina, o que resultou em que oficialmente, o nosso equipamento teve a sua 1.ª apresentação em Timor... nem todos se podem gabar.

Tal como nos contou o Abílio, em Timor o BTT ainda está a começar a dar os primeiros passos através de alguns praticantes entusiastas portugueses, neo-zelandezes e australianos, acima de tudo. 

Foi em 2011, que o BTT / MTB definitivamente conquistou o seu espaço no país ao realizar o 3.º Tour de Timor, com a extensão de 604km repartidos por 6 dias de prova, contando com a presença de 420 participantes em representação de 18 países, tendo este projecto/evento nascido em 2009 com o apoio do prémio nobel da paz, Ramos Horta, em que as inscrições haviam sido gratuitas. Este ano voltará a repetir-se com o Tour de Timor 2012 Race Route, onde infelizmente o Abílio não nos irá poder representar, não só pela falta de pedalada, mas também porque está lá para trabalhar (7 dias/semana) e não para curtir...

Este rapaz é o novo colega de treino do nosso elemento Abílio Bernardo e o seu nome é Carlos, membro da selecção de BTT de Timor, cujo treinador é um operacional da GNR também em missão em Timor, no entanto e segundo este atleta, há muita falta de meios para se conseguirem melhores resultados, mas força de vontade não lhe falta...


Mais uma foto do nosso companheiro Abílio, torrejano que enverga orgulhosamente as cores do Clube de BTT Zona 55.

Monumento à entrada da praia de Cristo Rei.

A nova máquina do Abílio, cuja cor tem tudo a haver com este território. Nice pic :)
Este ano já teremos de volta ao nosso grupo este nosso elemento, infelizmente não virá a tempo das comemorações do nosso 4.º aniversário, mas guardaremos-lhe um pedacinho de bolo...

Os militares australianos, em 2009, iniciaram os patrulhamentos em Timor utilizando BTT como forma de se deslocarem mais facilmente no terreno e também a fim de facilitar o contacto com a população. Desta forma, contribuíram amplamente para a divulgação deste tipo de bicicletas neste país.

Aqui fica um pequeno vídeo para terem uma ideia do tipo de terreno existente em Timor. A sua visualização poderá estar restrita a determinados acessos, que sendo o teu caso, lamentamos desde já.

Créditos à reportagem:
Textos: João Valério baseado em relatos de Abílio Bernardo
Fotos: Abílio Bernardo
Videos: JPThorn9 e Baldybobnz1.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...