sexta-feira, 2 de julho de 2010

Os Trilhos da Maratona (Parte 3)

O treino desta semana voltou a servir para escolher mais alguns trilhos que a Zona 55 Bike Team vai propôr aos participantes da sua 1.ª Maratona a realizar dia 03 de Outubro. Também oficializámos a entrada de mais 2 elementos para a equipa: Carlos António e Sérgio Vicente, que há muito se encontravam em apreciação.

Os participantes no treino, desta feita com um convidado especial que está a colaborar com os elementos da Zona 55 na escolha dos trilhos. Da esquerda para a direita: Luís Cancela, João Valério, Sérgio Vicente, Abílio Bernardo, Rui Almeida e Carlos António.


Hoje rolámos por trilhos localizados somente nas zonas de maior altitude da Serra D'Aire.
Poucos minutos passavam das 09H00 quando iniciámos o treino. A temperatura estava amena e a característica brisa da Serra D'Aire esteve sempre presente a refrescar-nos.


Nesta zona da Serra a vegetação é rasteira e a presença de rocha é constante.

De qualquer forma é possível a escolha de trilhos não tão intensificados de rocha.

Pretendemos colocar na nossa 1.ª Maratona um elevado nível de dificuldade técnica, bem ao estilo do "Puro e Duro" BTT que todos nós gostamos de encontrar nos eventos onde nos costumamos deslocar/participar, que tornam singulares e inesquecíveis os verdadeiros eventos de btt.

As paisagens na serra são sem sombra de dúvida deslumbrantes e os trilhos um hino ao btt.



O recém "chegado" elemento da Zona, António (à esquerda), teve neste treino o mais difícil da sua curta carreira bttista, no entanto, superou-o com distinção. Não há impossíveis, mais devagar ou mais depressa, com maior ou menor nível de técnica, os trilhos da nossa 1.ª Maratona irão ser acessíveis a todos os praticantes de btt que gostem de uma boa luta, mais demorada (60kms) ou menos suada (30kms).


Parque eólico lá ao fundo. Pedalamos acima das nuvens!

Não é boa ideia vir para estes trilhos com pneus "carecas", sem cameras de ar ou kit's de enchimento...



Aproximação a marco de vigia.

A altitude tem por hábito provocar comportamentos estranhos...

... há quem lhe chame divertimento!

Por razões óbvias não vamos ainda desvendar qual o trilho intermédio que iremos propôr aos participantes nos 60kms, mas cerca de 10kms já estão pré-definidos na passagem com maior altitude da maratona. Desde já avisamos que o acumulado não vai ser nada bonito de se ver e menos ainda de se percorrer.


Também prometemos que vamos oferecer single-tracks bem lonnnngoos!



Oportunidade para abastecimento líquido.

O primeiro azar do treino foi o Valério ter partido a corrente.





Aqui uma zona muito idêntica às características da Serra do Sicó.



A presente apresentação de fotos não se encontra por ordem cronológica... só para constar!

O também recente elemento Sérgio, nunca se fez rogado aos obstáculos que lhe foram criados.




Continuamos na Serra D'Aire, aliás, não saímos de cá durante toda a manhã...

Este ou aquele trilho? Há muito por onde escolher... agora rodeados de salgueiros (serão?).

O Luís Cancela, um dos nossos conhecedores da Serra D'Aire.


De forma a agradar a todos, encontramo-nos a escolher trilhos baseados nas diversas e alargadas experiências dos nossos elementos e colaboradores, com o único intuito de realizarmos um evento btt inesquecível e a um preço razoável, pois o lucro não é o nosso objectivo.










Ao longe, já se viam as famosas antenas localizadas no topo mais alto da Serra D'Aire.


No regresso tivémos uns quantos azares, que calharam sempre aos mesmos...






Paragem forçada para dar apoio mecânico ao azarado António.

Neste treino estiveram presentes 2 Jorbi ISP Carbon: a de lá é a bike oficial integrante da equipa Jorbi Test Team, a qual está normalmente sob comando do João Leal, apresentando o desenho deste 1.º modelo a ser dado a conhecer ao público. A de cá é uma Jorbi com o 2.º desenho apresentado ao público (e ainda actualmente em produção), cujo material que equipa foi totalmente personalizado pelo Valério.


O António veio a partir o drop-out da sua Berg, o que nos obrigou a uma pequena operação, transformando-a numa single speed por forma a que oferecesse hipóteses de continuar a rolar até final do treino.





Mais à frente novos azares. O Sérgio realizou um espectacular mortal (sem consequências além de um arranhão) e o António agora tivera a pouca sorte de furar. Os nossos recentes membros estavam a chamar a si todo protagonismo... pelas melhores e também pelas piores razões!



Finalmente terminámos o treino, sem lesões graves e com a satisfação de uma manhã bem passada entre amigos e natureza. Ainda esta semana estamos a contar publicar o cartaz oficial online da 1.ª Maratona Zona 55, bem como, abrir as inscrições. Aguardem notícias.
Fotos: Sérgio V., Rui A., Valério e Cancela. Textos: Valério

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...