sexta-feira, 6 de maio de 2011

NOVA AQUISIÇÃO DE BIKE de elemento da Z55BKT

ROCKRIDER 8XC
Quadro: Carbon High Modulus (1,170g)
Suspensão: Rock Shox Sid Race 100mm c/ Pop Lock
Travões: Avid Exilir R 160mm
Manípulos: Shimano XT
Desviador: Shimano XT
Esticador: Shimano XTR
Pedaleira: Shimano XT Hollowtech 2 Peças (22x32x44)
Cassete: Shimano XT 9V (11x34)
Jantes: Shimano MT 65 Tubeless
Cubos: Shimano MT 65
Pneus: Hutchinson Cobra Tubeless Light 26x2,00
Caixas de Direção: P A-45 Integradas
Pedais: X-pedo CR-SL
Avanço: Rockrider Comp 100mm
Guiador: Rockrider Comp Oversize 580mm
Espigão de Selim: Carbono 31,8mm
Selim: Rockrider Titânio
Peso: 9,95Kg no tamanho L sem pedais


Proprietário: Rui Almeida

Treino Semanal

Compareceram ao treino, além de mim (Tóny), o José Santos e o Nuno Santos.
Partimos cerca das 09H50 em direcção à Reserva do Pául do Boquilobo.
Depois do alcatrão à saída da cidade, entrámos na sempre esperada terra batida, mas em trilhos bastante rolantes.
O treino acabou por ser até algo animado e eu, para não variar, acabei por cair...

...mais uma vez, também para não varia, praticamente parado e a ter dificuldade em desencaixar o pé e... pumba no chão.

 Aqui uma das poucas subidas em asfalto.


Aqui uma das várias subidas em terra batida, embora com pouca inclinação, mas sítios em que o Nuno sentia um pouco de dificuldades devido a encontrar-se um pouco enferrujado.

Apesar de estar um belo dia para a prática do BTT, ainda encontrámos  bastantes sítios cheios de água e lama, que tentámos evitar mas muitas vezes pusemos a pata na poça.


 Eis um dos poucos momentos em que o trilho exigia um pouco de técnica.



O Zé a refrescar-se e a fazer-se à foto, após uma das subidas mais complicadas.

E aí vinha o Nuno, desta vez a tirar-me o mérito de ser quase sempre a bicicleta vassoura, desta vez até deu para tirar algumas fotos...
Finalmente chegámos à já conhecida zona de relax, onde repusemos forças e algum mantimento para a barriga.

Após retomarmos a marcha, alguém se lembrou de telefonar ao amigo Carlos Iria a perguntar se tinha umas bejecas no frio. A resposta foi positiva e lá fomos nós em direcção à Golegã.

Chegados à Golegã, tínhamos à espera não só as referidas bejecas, mas também um belo repasto para degustar (pão, presunto, queijo, vinho, etc...), tudo do bom e do melhor.

Obrigado amigo Iria e até à próxima. Temos de fazer isto mais vezes... mas não ser sempre no mesmo sítio ;)

E assim tornámos a Torres Novas, onde chegámos cerca das 12H45, com cerca de 42kms percorridos. Esperamos que na próxima sexta-feira, venham mais bttistas! Cada vez gosto mais disto...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...