sexta-feira, 30 de julho de 2010

Os Trilhos da Maratona (Parte 4)

Na última sexta-feira de Julho de 2010, alguns elementos da equipa reuniram-se para mais um passeio semanal, que foi aproveitado para fazer alguns contactos e ajudar na escolha dos melhores trilhos para a 1.ª Maratona Zona 55. O tempo estava quente, como aliás tem sido norma nestes últimos dias.
Estiveram presentes, da esquerda para a direita: João Guerra, Pedro Silva, João Valério, Filipe Rodrigues e Carlos António. Foto junto à entrada do Monumento Natural das Pegadas de Dinossáurios da Serra de Aire.

O passeio era para ter tido início pelas 08H00 (inicialmente), depois passou para as 08H30, mas acabámos por sair já perto das 09H00... o costume! O nosso objectivo era o de encontrar mais alguns trilhos para juntar aos que já temos, fosse para substituição ou para acrescentar quilómetros.

Para que não hajam mal-entendidos, ambos os percursos (30 e 60kms) da nossa 1.ª Maratona ainda não estão definidos na sua totalidade. Temos já locais que pretendemos manter, assim como alguns quilómetros de trilhos, no entanto, devido à quantidade de ideias que temos e contactos de colaboração que nos encontramos a realizar, os percursos não são ainda tidos como finais, devido a desvios a implementar.



Nas fronteiras do PNSAC (Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros).

Chegada à localidade do Bairro, próximo à entrada do Monumento Natural das Pegadas de Dinossáurios.

João Guerra junto a um dos páineis informativos.

João Valério junto ao posto de informações e vendas.

Pedro Silva a prestar alguns esclarecimentos relacionados com a era dos dinossauros.

O nosso primeiro colaborador/patrocinador, Construções Galinha, S.A., era a empresa que neste local explorava uma pedreira, aquando a descoberta em 4 de Julho de 1994 pelo João Carvalho STEA (Soc. Torrejana de Espeleologia e Arqueologia) das primeiras pegadas de dinossauro e que levaram posteriormente ao fecho da pedreira e formação de um grupo de trabalho com vista à divulgação do achado arqueológico.

Agora já sabem o porquê da ostentação de um dinossauro no equipamentos da Zona 55 Bike Team.

O Jamón acompanhado pelas mascotes deste espaço arqueológico, Júlio e Joaquim. Dava um bom cartaz de cinema, género: "O Rapto das Crias de Dinossauro"

Reparem nas semelhanças entre os esqueletos de ambos os protagonistas. eh eh eh

Foto de grupo com a nossa simpática e atraente anfitriã, Luísa Santos.

O Jamón, como não ficou na foto de grupo, vingou-se numa foto a "sós" com a Luísa! É um manhoso.
De volta aos trilhos encaminhámo-nos depois novamente para Torres Novas, onde confirmámos uma série de trilhos que oferecerão uma adrenalina vertiginosa aos nossos participantes, irão adorar!


Zona para rolar a velocidades em que se tornará difícil acompanhar o movimento pedaleiro!


Finalmente umas sombras para minimizar os efeitos escaldantes do sol.


Na nossa Maratona o céu é o limite! Trilhos para todos os gostos serão apresentados. Um verdadeiro mix.

" Há além uma escarpa que daria um bom salto... ou talvez não!?"

A doideira à solta!...

Regresso a Torres Novas.
Paragem na localidade de Lapas, junto às margens do Rio Almonda.

O mentor da equipa Zona 55 Bike Team, João Guerra.



E deixamos o pessoal em reunião a decidir mais umas óptimas ideias para se colocar em prática na 1.ª Maratona BTT Zona 55 - "Na Pegada do Dinossauro"... esperemos que boas! Até para a semana e para quem ainda não se inscreveu: Força aí!
Reportagem: Fotos (Tufo e P.S.), Texto (Tufo)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...