domingo, 23 de agosto de 2009

Participação da equipa (Vidigueira)

Raid BTT Trilhos do Baco - Vidigueira

Marcou Presença: Dorsal n.º 745 - Rui Almeida
BTT Nocturno (22 Agosto)
40 kms (23 Agosto)
- CLASSIFICAÇÕES -
001.º - 01h 31m 07seg - José Silva (Cuba Aventura)
310.º - 02h 43m 04seg - Rui Almeida (Zona 55 Bike Team)
412.º - 04h 46m 32seg - Último
Chegada à zona de acampamento no dia 21AGO09Já havia pessoal acampado do dia anterior, para gozarem desta localidade e do belo local
Esta è a minha Suit Oficial, montada para este Raid
Este à o reboque das bikes dos companheiros de Messines
O parque ao cair da noite, começava a ficar lotado
... podia ver-se todo o tipo de residênciais...
Instalações de lazer anexas ao parque
Relvado e cortes de ténis
Campo de Futebol
Piscinas


Após uma noite, mais ou menos dormida, pronto para o Raid
Depois do pequeno almoço tomado nas estalações do Bombeiros, deslocámo-nos para a grelha de partida...
...já a afluência era grande ...
... e os rais de sol aquecia os atletas ...
Última foto antes do inicio do Raid
... e lá está, a toda a velocidade em direcção à leziria e Serra Alentejana...
... com um andamento muito rápido pelas ruas desta bela localidade, a Vidigueira ....
... e agora quem pode, pode, quem não pode arreia...

... bonitas paisagem ....
... toda a gente a puxar, e o pó a não ajudar nada...


... uma subidinha para aquecer os musculos...
Descida perigosa, sem direito a foto, é melhor colocar as mãos no guiador

Mais uma subidinha, para quem gosta...

Disto gosto eu ...

Uma boa altura, para abastecer aos 22 km em Santana, pois a temperatura, já ultrapassava os 30 graus


... e agora areia, pó e sol à mistura...
...última subida, mas daquelas que nunca mais acabava, até às antenas e ao reforço



...mais um pouquinho...
... quem tiver vertigens não podia olhar para baixo...
... a por fim chegámos, isto é quem chegou...
... com os elementos da organização a socorrer-nos com copos de água, logo no control
... uma bela fatia de melão para repôr energia...
... e uma continuação da subida, mas já faltava pouco...

...o marco Geodésio e o cimo da Serra

Agora é sempre a descer, com a localidade da Vidigueira a ver-se lá ao fundo
... uma descida, a serpentiar, onde se pode atingir + de 50 km/h
... e agora após mais um posto de control, os últimos km a rolar, para uma entrada, na Vidigueira aplaudida pelos residentes e colegas do pedal.
A meta já à rectaguarda e após ter bebido um fortificante oferecido à chegada

Em conclusão deste Raid, a primeira coisa que devo fazer, é dar os parabéns à Organização deste Evento, pois estiveram 5*****, com uma participação de 760 atletas.
Um evento desta dimensão, com 3 Trilhos à escolha (20km, 40 km. e 70 km), com um excelente percurso, muito rápido, mas com muitas subidas e espectaculares descidas, marcações bem defenidas, abastecimento do melhor que tenho visto, com água fresca, coca-cola, fruta( pêssegos, maçã, banana, melão), bolos (secos e com creme), mas muito desgastante a rolar-mos a temperaturas acima dos 35 graus e atletas a concluirem as provas, a marcar 44 graus ao sol..
Este evento de dois dias, onde existe um grande convivio entre os atletas, pois mantemo-nos todos juntos no acampamento com as familias, partilhando as zonas de lazer, piscina e os petiscos, fortificando os laços de convivio entre pessoas de várias zonas do país, que directa ou indirectamente partilhão a paixão pelo BTT.
Foi colocado à disposição dos atletas e família, um passeio nocturno (20 km) no dia anterior ao Raid, um passeio pedestre, e no dia do Raid uma visita organizada a um monumento e com paragem em Alcaria da Serra para ver passar os atletas que completavam o Trilho 2 (70 km).
Em relação ao Almoço, ouvi dizer que estava bom, mas desconheço, pois resolvi almoçar num restaurante tradicional Alentejano, em Vila de Frades, denominado "País das Uvas", onde comi um belo ensopado de borrego (uma decoração rústica, com pipas de barro e instrumentos antigos para a agricultura, 5*****).
Do passeio nocturno não tenho fotos visiveis, pois apesar de ter sido excelente, com mais de 100 atletas a aderir, uma imagem inigualável, de luzes a piscar, com muitas avarias e furos, mas que foi tudo superado por um belo melão em Alcaria da Serra.
No geral é tudo o que se devo falar deste Raid, foi um festival de BTT excelente, e esteve bem em quase todos os aspectos, tirando alguma falta de respeito de meia dúzia de companheiros do pedal, que ficaram um pouco alegres demais, e esqueceram-se que os atletas, e famílias (crianças), precisão de descançar (isto às 02H00).
Reportagem Fotográfica: Rui Almeida, João Pereira (BTT-TV) e Mamede Nazaré (BTT Golfinhos do Sado)
Montagem e comentários: Rui Almeida
Mais reportagem atravéz de filme em :
Mais reportagem atravéz de fotos em:

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...