domingo, 20 de novembro de 2011

Participação da equipa (Alburitel)

Representação a cargo de:
30km - Carlos António e José Santos

Chegados ao local da prova estava um dia farrusco mas parecia prometer que um belo dia se avizinhava. Fomos contemplados com um parqueamento de primeira, logo ao pé do local de partida.

Era hora de preparar para a prova, os ajustes na câmara e as afinações de última hora.
 
O parqueamento não era muito grande mas o suficiente para albergar grande parte dos atletas.

     
Ao chegar à manga de partida, os atletas podiam-se contar pelos dedos, mas com o chegar da hora de partida pelas cerca das 09H40, ainda foi possível juntar cerca de uma centena de atletas.

   
A prova parecia correr dentro do que é esperado, mas com um ligeiro atraso, nada que pudesse comprometer o sucesso.

      
Tenho apenas que apontar a insuficiência de informações relativas à prova, o que não é grave.                                   Talvez  pelo facto da falta de experiência do locutor, nestas andanças!

Eis que é dada a partida, que começou por um percurso de asfalto, como é normal. É de salientar um pequeno erro de marcação com fitas ainda no asfalto o que levou a que alguns atletas se tivessem enganado.

O piso estava molhado devido ao orvalho, a que se juntou um terreno rochoso e escorregadio, levando a algumas quedas, como foi o meu caso, que não estou habituado a cair, resultando apenas umas pequenas escoriações.

O percurso correspondeu à distância publicitada e apesar de ser curto esteve bem estruturado, com bastantes single tracks, alternados por estradões, onde se podia esticar à máxima velocidade, com paisagens deslumbrantes, típicas da Serra D'Aire.

A prova dos 30Km teve um abastecimento de sólidos, como nos temos habituado noutras provas, onde não faltaram os produtos energéticos.


No local havia ainda assistência mecânica para quem precisasse, a cargo da equipa dos lubrificantes                                                                      Lancar.

Durante o precurso ocorreram bastantes avarias, talvez originadas pela dureza do piso.



O percurso era basicamente tecnicista.

Chegados à meta isolados, em representação da Zona 55 / O Praticante,  Carlos António e José Santos, classificados em 6º e 7º respectivamente, cerca do meio dia, mostrando alguns sinais de cansaço.
Finalmente a recompensa merecida: uma bela refeição de "carne de porco à alentejana" acompanhada de um bom vinho tinto da casa. Quanto a isso não temos nada a apontar.

De um modo geral a prova esteve bem organizada e no final pudemos tomar um duche quente, o que não é habitual... Os parabéns à Organização e esperamos voltar para o próximo ano ou num próximo evento organizado por vós.
Track 30/50km


Vídeo Captado por Zona 55


Classificações Gerais 30km/50km


Créditos à reportagem:
Textos: José Santos
Fotos: Zona 55 (C. António e J. Santos), ABTFoto.
Video: Zona 55 (Tufo Produções)
Track: Vega (30/50km)

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...