sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Reportagem: Lançamento GoPro Hero3

     Aí está a HERO3: o novo modelo que eleva a GoPro para um nível superior no que respeita à clara tentativa da marca em dominar o mercado das pequenas cameras, não só no campo do desporto  mas também no campo de captação de imagens por profissionais (fotografia e filme). Esta nova forma de "ataque" lança de uma só e pela primeira vez uma gama completa (composta por 3 cameras) numa clara tentativa de arrumar quaisquer concorrentes do mercado. Nós aqui na Zona 55 ficámos rendidos às potencialidades anunciadas pela marca e estamos ansiosos por experimentar os novos modelos, bem mais "magros" que o anterior.

Os elementos do Clube de BTT Zona 55 já vêm utilizando cameras para captar as suas aventuras desde 2007, quando éramos ainda e somente um grupo de amigos a trajar equipamentos diversos, mas que já nessa altura produzíamos e publicávamos os nossos próprios vídeos (ver aqui). As cameras GoPro só as descobrimos em 2010, tendo-nos iniciado com o modelo HD HERO NAKED, a qual mandámos vir diretamente dos EUA e que, desde que começámos a usar, nunca mais voltámos a mudar de marca, como fazíamos até então, tal como prova este comprovativo que publicámos aqui no blog em 2010.

     Hoje mesmo, 07 de Dezembro de 2012, é oficialmente lançada a HERO3 BLACK EDITION nos Estados Unidos da América. O lançamento em Portugal está previsto para 15 de Dezembro de 2012, mas  em quantidades muito limitadas e somente disponíveis nas lojas FNAC e El Corte Inglès. Uma maior remessa e distribuição mais alargada das Hero3 Black só ocorrerá a partir de Janeiro de 2013.


     Conforme nos foi informado pela D'Maker (representante GoPro), a restante gama (HERO3 SILVER EDITION e HERO3 WHITE EDITION) já começou a chegar às lojas de todo o território nacional, podendo desde já ser encontradas à venda. A partir de 2013 serão comercializadas no nosso país todos os modelos e packs da gama HERO3, isto é: Hero3 Black Edition - Adventure, Hero3 Black Edition - Motorsports, Hero3 Black Edition - Surf, Hero3 Silver Edition e Hero3 White Edition.

     Relativamente a preços, estarão disponíveis (PVP sugerido pelo fabricante) nos seguintes valores:
- White Edition = 249,00€
- Silver Edition = 349,00€
- Black Edition = 449,00€
     Ver as principais diferenças de desempenho aqui.

     Em Portugal (continente e ilhas), a importação e distribuição encontra-se a cargo da D'Maker, que iniciou por cá a representação da GoPro em 2009, com o modelo HERO WIDE, a versão pré HD alimentada por 2 pilhas AAA. Desde então e até à presente data é co-responsável pela venda de milhares de cameras no nosso país, que triplicaram com o lançamento do modelo HD HERO2, cujo pack Outdoor Edition foi o mais vendido até à data. Numa visão mais global, a GoPro vendeu até ao momento milhões dos seus diversos modelos de cameras em todo o planeta.

     Acessórios - Neste momento a lista de acessórios que se pode comprar já é muitíssimo extensa, e isto se nos referirmos somente àqueles disponibilizados oficialmente pela marca GoPro, uma vez que existem outras empresas e até particulares que desenvolveram muitos outros acessórios e aplicações, de acordo com as próprias necessidades, as mais diversas e imagináveis para "n" utilizações. Poderá visualizar estes artigos no site oficial da marca: acessórios de montagem, acessórios premium e outros acessórios. Existem ainda outras aplicações e funcionalidades de onde destacamos a aplicação Android para iPhone e a opção GoPro 3D.

HISTORIAL DO FENÓMENO GoPro
     A empresa foi fundada por Nicholas Woodman, após em 2002 haver feito uma viagem à Austrália, para a prática de surf. Nick inspirou-se no facto de pretender arranjar fotos de ação e qualidade das suas manobras de surf, mas os fotógrafos (amadores) não conseguiam chegar perto o suficiente, ou obter equipamentos de qualidade a preços acessíveis. Daí o seu anseio por um sistema que lhe permitisse capturar ângulos como um profissional, inspirando o nome GoPro.

     N. Woodman conseguiu juntar o dinheiro necessário para investir na sua própria empresa, vendendo cintos junto da sua companheira de viagens, uma Volkswagen Westfalia. Com os cintos surgiram-lhe mais algumas ideias, como a de aplicar uma espécie de cinto à sua camera. Inicialmente começou por testar pulseiras em borracha, que viriam a revelar inadequadas, de uso doloroso ou facilmente danificáveis.


Em 2004, a empresa de Woodman vendeu a sua primeira camera: a GoPro Hero 35mm. As cameras evoluíram, indo da 35mm à digital, começando por fazer gravações a partir dos 10 clipes por segundo, até aos 3MP das cameras digitais, cuja configuração continua atual com a utilização de cameras de lente fixa, com um ângulo de 170º em alta definição (1080p) de qualidade de transmissão.

     A fama alcançada com a utilização das cameras por parte dos praticantes de surf, rapidamente se alargou a outros desportos: motorizados, ski e ciclismo. O que implicou e motivou a criação de novos acessórios e adaptadores mais vocacionados para esses desportos.

     A 30 de Março de 2011, a GoPro adquiriu a empresa CineForm. Esta aquisição visou o controlo e detenção do Codec 444, até então desenvolvido pela mesma. Este codec (que foi utilizado no filme "Quem quer ser milionário"), de acordo com o comunicado de imprensa, capta em HD e 3D, mas com uma edição mais rápida e proveitosa, sem sacrificar a qualidade de imagem. Foi utilizado para aumentar o sistema Hero 3D, logo após a sua aquisição.


     A empresa só vende atualmente três tipos de cameras básicas e nenhuma delas possui lente com zoom. O menu é apresentado num LCD de 2 bits que aparece na frente da camera e o tipo de funcionamento é um ciclo de combinações pressionando um botão na zona frontal e um outro na zona superior da máquina.


     Em Dezembro de 2012 é lançada a gama Hero3, disponível em 3 versões (White, Silver e Black). Todos eles já possuem sistema wi-fi, utilizam cartão de memória micro-SD e melhoraram a qualidade de som, em comparação com o seu antecessor HD Hero2, no entanto, ao contrário desta, os atuais modelos já não possuem nenhuma entrada para micro, a qual foi substituída por um adaptador USB. A Black Edition introduziu um novo tipo de sensor, reivindicado pelo seu fabricante como tendo 2x maior sensibilidade à luz.
     Reportagem com o criador da GoPro, Nicholas Woodman.
//////////|\\\\\\\\\\

A EVOLUÇÃO GoPro/ DATAS DE LANÇAMENTO

2004: HERO 35mm
     A primeira GoPro colocada à venda era uma máquina fotográfica de 35mm (o modelo 001), não muito diferente das então usuais máquinas fotográficas (tinha 6cm x 8cm e pesava 204g), destinando-se essencialmente à captação de imagens por parte de praticantes de desporto, por isso era vendida num pack composto por camera + caixa estanque com libertação rápida + cinta adesiva + adaptador para luva de ski. A inovação consistia principalmente na introdução da caixa estanque, que era à prova de água e queda, e que permitia girar rapidamente e captar fotos até aos 4,5mt. de profundidade. Era anunciada como uma camera de pulso reutilizável e utilizava um rolo de filme Kodak (400 x 35mm x 24 Exp).

2007: DIGITAL HERO 3
     A GoPro Digital Hero 3, já com capacidade de captação vídeo, era uma camera com 3MP (responsável pelo designação 3) e definição vídeo padrão (512 x 384). Foi testada além dos 30m de profundidade e veio evidentemente revolucionar o mercado de cameras de desportos de ação pelas suas pequenas dimensões, que permitiam grande agilidade e captação em ambientes inóspitos.

2008: DIGITAL HERO 5
     O dígito 5 no nome, provinha do seu sensor de fotografia, já com 5MP e incluía um suporte para captura de vídeo definição padrão (640 x 480). Era alimentado por duas pilhas AAA, tinha 16MB de memória interna e adicionalmente um cartão SD até 2GB. Foi a primeira camera GoPro a obter um ângulo de visão de 170º (lentes ultra wide), e a sua caixa estanque permitia-lhe descer até aos 30m de profundidade. As suas dimensões eram de 66,04mm x 44,45mm x 31,75mm.

2009: HD HERO 960
     A primeira GoPro HD, com uma capacidade para captação vídeo de 960p. Ainda alimentada por duas pilhas AAA, o seu visual era idêntico ao da sua antecessora, tendo revolucionado o mercado pela excelente capacidade de imagem (HD) e podemos considerar que foi o derradeiro modelo que conquistou o público e deu a conhecer mais globalmente as cameras GoPro. Hoje em dia ainda a vemos em uso, já com menos frequência, por desportistas diversos.

2010: HD HERO1 NAKED
     Aumentou a capacidade vídeo para um máximo de 1080p e passou a ser alimentada por uma bateria de lítio que lhe permite uma autonomia de 2H30, sendo compatível com inúmeros acessórios colocados à disposição por um custo adicional. Permite captações de imagem em 4:3 e 16:9, também com um som HD. Permite hospedar e utilizar um cartão SDHC de até 32GB de capacidade. O pack inclui diversos cabos de ligação e possui resolução fotográfica de 5MB, além de foto-sequência x3 e disparo automático. Inovou igualmente com a possibilidade de captação de imagens em 3D, através da acoplagem de 2 cameras numa única caixa, ligadas entre si por um cabo.

2011: HD HERO2
     A 24 de Outubro de 2011, a GoPro introduziu o modelo HD HERO2 (profissional). Comercializado como sendo 2x mais poderoso, em todos os sentidos, face ao modelo anterior, a HERO2 tem um sensor de imagem melhorado para 11MB (até 2 vezes mais nítida imagem e qualidade de vídeo), melhorando também o registo de até 120fs (apenas WVGA), além da capacidade de rápida adaptação face à súbita mudança de claridade. Com este modelo foram desenvolvidos diversos novos acessórios, como sejam o BacPac (bateria auxiliar) ou o LCD. 

2012: HERO3
     Neste modelo, lançado este ano, a Woodman Labs voltou a introduzir o nome Hero 3, após três gerações de cameras, tendo substituído o seu antigo modelo intitulado Digital Hero 3. É lançada pela primeira vez uma gama de cameras de um mesmo modelo. Todos os 3 modelos HERO3 são mais leves e compactos que o modelo anterior e incluem wi-fi integrado e caixa de lente plana para filmagens subaquáticas. De um modo geral, podemos considerar que o modelo HERO3 WHITE é equivalente ao HD HERO1 NAKED (mesmo sensor, processador e firmware), o modelo HERO3 SILVER é equivalente à HERO2 mas sem acessórios (mesmo sensor, processador e firmware), e a HERO3 BLACK não tem equivalência pois é um modelo totalmente novo e inovador, com um processador 2x mais rápido face à HERO2, resolução 4k, sensor de 12MP e novas funções (gravação loop, equilíbrio de brancos - automático e manual, etc).



Para terminar, resta-nos dizer que a imaginação é o limite para a GoPro. Na bicicleta, por norma e com maior frequência, montamos a camera no guiador, mas igualmente no espigão do selim (invertida e a captar para trás) e no acessório de peito. Para quem gosta de publicar os seus vídeos, será bastante útil adquirir um bom programa de edição de imagem, para ajudar a tornar as imagens captadas ainda mais espetaculares, permitindo-nos cortar situações indesejadas e trabalhar o som gravado ou adicionar novos. Para terminar deixamos-vos um dos nossos últimos vídeos e convidamo-los a subscrever no youtube o Canal Zona 55


Créditos à reportagem:
Textos: João Valério
Vídeos: RTP, SIC, GoPro, Outside Television, Zona 55
Info: GoPro, D'Maker, wikipédia

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...