domingo, 27 de abril de 2014

Participação da equipa (V. N. Barquinha)

Representação a cargo de:
35km - José Silva, Pedro Silva
60km - David Gonçalves, João Valério

Mais uma representação da nossa equipa num evento que já faz parte do nosso calendário anual de eventos, com Organização a cargo dos amigos do G.C. Barquinhense. O nosso atrelado voltou a fazer sucesso, estando também presente em V. N. da Barquinha, divulgando o Clube de BTT Zona 55 e seus patrocinadores neste recente projeto (Laser Site, O Praticante, D' Maker, BV Sport, ABTFoto, Extreme Zone, Construções Gonçalo Pereira Lda. e Grupo Álvaro Electrodomésticos).


Estiveram presentes 595 participantes divididos pelas duas distâncias disponibilizadas (35/60km). Foi efetivamente uma enchente de bttistas que se deslocaram até V. N. Barquinha para a 7.ª edição desta Maratona, este ano incluída pela 1.ª vez no Troféu BTT Concelho de Ourém, onde temos em competição o nossos atletas José Silva (Sprint) e David Gonçalves (Maratona).

Os kits de inscrição optámos por levantar logo na 6.ª feira, uma vez que somos "vizinhos", evitando a confusão natural do dia da prova.


A foto da praxe dos participantes da equipa Zona 55/O Praticante. Este foi mais um evento inserido nas parcerias de divulgação da Zona 55 e da revista desportiva O Praticante.

O Pedro Silva e o João Valério tiveram a missão acrescida de captar as imagens vídeo, cobrindo assim ambas as distâncias do evento e recolhendo bom material de trabalho para pós-divulgação.

David Gonçalves e João Valério na manga de partida da Maratona.

Um dos mais recentes sócios do nosso Clube, Jorge Rabaça, juntou-se também à equipa na captação de fotos.

A José Silva e Pedro Silva (não, não são familiares), couberam as representações na Meia Maratona.


A partida para as distintas distâncias foi repartida, mas o horário inicialmente previsto não veio a ser cumprido. A Maratona só se iniciou quase 15 minutos depois e o espaço de tempo previsto para a 2.ª partida (da Meia Maratona) foi mais curto do que o divulgado. 


O início para ambas as distâncias, já que foi repartido e o percurso não foi comum, esteve do melhor com estrada larga e alguns quilómetros para esticar os grandes pelotões.



Os participantes na Maratona, antes de unirem o seu percurso aos da Meia Maratona, tiveram de "dar ao chinelo" até verem o seu percurso ligado ao do percurso menor.

Foram diversos single tracks os que encontrámos ao longo de todo o percurso, nesta edição também foram abundantes mas desta feita melhor colocados, com maior distanciamento entre eles permitindo uma maior fluência dos participantes e também deixando mais tempo para descansar entre eles, já que exigiram por norma maior concentração face à técnica a utilizar.


Uma das zonas interessantes foi a passagem pelo interior da base aérea dos pára-quedistas (UAL) em Tancos, onde percorremos diversos quilómetros em redor do perímetro da pista.

As zonas de abastecimento foram, conforme é apanágio desta Organização, bastante bem apetrechadas e localizadas.


O Trilho da Água foi um dos mais apetecíveis, conforme se pode confirmar pela beleza das paisagens existentes.



O José Silva desde cedo conseguiu manter-se na frente da corrida na Meia Maratona.


Na zona de abastecimento colocada no Centro Náutico de Constância, mesmo junto à foz do Rio Zêzere, a animação foi grande, com um grandioso leque de ofertas de bebida e comida, onde não faltou um gaiteiro vestido a rigor a dar música aos aventureiros com gaita de foles.


A bela da bifana e a mini, para quem quis fazer uma paragem mais demorada na derradeira zona de abastecimento.


O Trilho Vaz de Camões foi um dos trilhos inseridos este ano, que nos levava a percorrer a margem direita da última centena de metros do Rio Zêzere e depois ainda algumas centenas de metros já nas margens do Rio Tejo.  


O trilho do Castelo de Almourol esteve neste edição melhorado, percorrido em sentido inverso ao último ano, bastante melhor e menos perigoso.


A passagem pela zona ribeirinha em Vila Nova da Barquinha foi feita pela ciclovia ali existente, localizada num enorme e vistoso jardim, permitindo bom andamento.



Este ano presenciámos também a presença de cavaleiros templários, um grupo de homens vestidos a rigor que nos deram as boas-vindas e se fizeram passear pela zona de partida e também na passagem do percurso por V. N. da Barquinha.




Ao longo dos dois percursos, foi óbvio o grandioso trabalho realizado na abertura de trilhos e na limpeza dos já existentes, demonstrando grande coesão e amor à causa do grupo organizador.


A chegada à zona de meta foi antecedida de algumas centenas de metros de single tracks, a fazer-nos suar mesmo até final, porém a permitir uma zona de espetáculo mesmo à chegada que só pecou pela falta de público presente a puxar pelos participantes.


Tivemos a sorte de um dia de temperatura amena, com o sol sempre presente, ideal para a prática do btt, onde pudemos desfrutar dos trilhos que apresentaram bom terreno e não trouxeram dificuldades de progressão aos atletas.


Na meta com os elementos da Zona 55 finalistas da distância Maratona.



O David Gonçalves voltou a pisar o pódio na 2.ª prova do Troféu BTT Concelho de Ourém, obtendo o 2.º lugar na categoria Veteranos C e cimentando assim o 2.º posto daquela competição.

Para quem interessasse, a troco de alguns euros havia massagens realizadas por profissionais. Isto após o banho da ordem, nas instalações do Pavilhão Desportivo da Moita do Norte, onde encontrámos excelentes condições, com água quente e a prestar um serviço rápido.

O almoço voltou a ser na Escola de V. N. da Barquinha. Apesar de algum tempo demorado na fila a aguardar pela reposição de comida, fomos muito bem tratados num local bastante apropriado, no entanto, algo pequeno a nível de sala, que esteve sempre repleta e com pessoal à espera. Obrigado à Organização, para o ano contamos estar presentes novamente, pois continuam a melhorar de nível a olhos vistos - é sinal de que têm estado atentos às críticas dos participantes.

ÁLBUNS DE FOTOS
Urbina Varela

Rescaldo vídeo

CLASSIFICAÇÃO GERAL
001.º - 01:35:44 - Gil Azóia (Róódinhas)
002.º - 01:36:05 - Cláudio Azóia (Talacha Shop/H.C. Turquel)
003.º - 01:36:44 - Leandro Brito (G.C. Barquinhense)
009.º - 01:41:43 - José Silva (Zona 55/O Praticante)
338.º - 04:34:17 - Último

001.º - 01:35:44 - Gil Azóia (Róódinhas)
002.º - 01:39:49 - Hélder Costa (Pinéus Bike Team)
003.º - 01:41:43 - José Silva (Zona 55/O Praticante)
218.º - 04:03:17 - Último 

001.º - 02:38:29 - Martinho Saragoça (Marrazes/Brejinho/Joficina)
002.º - 02:38:37 - Pedro Carvalho (Marrazes/Brejinho/Joficina)
003.º - 02:39:06 - Luís Martins (Marrazes/Brejinho/Joficina)
064.º - 03:22:04 - David Gonçalves (Zona 55/O Praticante)
103.º - 03:42:17 - João Valério (Zona 55/O Praticante)
203.º - 06:16:17 - Último

01.º - 03:06:40 - João Baião (Pinhal Bike Team)
02.º - 03:22:04 - David Gonçalves (Zona 55/O Praticante)
03.º - 03:31:04 - Aníbal Carvalho (Domplex BTT)
12.º - 05:43:14 - Último 

Geral Por Atletas
001.º - 200 Pontos - Gil Azóia (Róódinhas/Santos Silva)
002.º - 180 Pontos - Cláudio Azóia (Talacha Bike Shop/H.C. Turquel)
003.º - 135 Pontos - Carlos André (Fôjo-Zybex BTT Team)
005.º - 100 Pontos - José Silva (Zona 55/O Praticante) | 2.º Vet. B
085.º - 004 Pontos - David Gonçalves (Zona 55/O Praticante) | 4.º Vet. C

Por Equipas
01.ª - 721 - Marrazes/Brejinho/Joficina
02.ª - 364 - Fuas Bike Team
03.ª - 340 - Fôjo-Zybex Bike Team
11.ª - 108 Pontos - Zona 55/O Praticante
65.ª - 3 Pontos - Última Equipa

Créditos à reportagem:
Texto: João Valério
Fotos: Foto Gheohios, José Gouveia, Notícias BTT/Ciclismo, Organização (G.C. Barquinhense), Roberto Ferreira, Team Santos, Urbina Varela, Zona 55 Bike Team.
Vídeo: Zona 55 Bike Team

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...