domingo, 20 de julho de 2014

Participação da equipa (Fátima)

Representação a cargo de:
Maratona - David Gonçalves
Meia Maratona - José Silva, João Valério

Aí rumámos nós a Fátima para a Maratona com o mesmo nome, a 4.ª prova do Troféu BTT Concelho de Ourém, mais uma vez com uma escassa mas destemida representação.



Chegámos cedo (08H25) perante a hora marcada para a partida (09H15). O David, perante uma fila comprida mas cujo atendimento foi rápido, levantou os kits da equipa e no âmbito da parceria realizada com a Organização entregámos no secretariado 1 caixa de revistas "O Praticante" para distribuir entre os participantes.

O estacionamento, bem amplo, foi no Estádio Municipal de Fátima, onde estava também localizada a zona de partida/meta e instalações para banhos. O local de almoço foi comum ao do secretariado, ali bem perto, a cerca de 200m, nas instalações da Associação Eirapedrense.



Cedo os cerca de 300 participantes inscritos foram ocupando o seu lugar na manga de partida, colocando-se mais à frente aqueles que iriam lutar por um mais alto lugar neste evento, mas também no Troféu, como era o caso do José Silva.


O tempo esteve meio farrusco, com queda de chuva fina. O céu apresentava-se bastante cerrado por nuvens cinzentas e o chão já estava molhado. Previam-se algumas dificuldades na serra, com o piso e rochas escorregadias.


Antes da partida, que viria a atrasar um pouco,  o céu parecia estar a limpar e entretanto a chuva parou de cair. Um envergonhado som de buzina deu o mote para as 3 centenas de atletas se lançarem aos percursos, Meia Maratona e Maratona, com partida em comum.



Os 2 percursos foram comuns com excepção feita ao desvio de 15km e à bastante dificuldade técnica e física dessa pequena mas distinta alteração para os que realizaram a Maratona.


Após uma partida rápida em asfalto com uma pequena subida escassas centenas de metros após o arranque, foi com bastante fluidez que nos vimos finalmente em piso de terra batida.


 As marcações estiveram num excelente nível com bastante material informativo, desde fitas de cor laranja, setas pintadas no chão e placas informativas.


Os primeiros kms não tiveram grande exigência e foram favoráveis a um bom rolar. Bonitas paisagens, piso rijo onde praticamente não notámos que havia estado a chover.


As nuvens largaram as últimas gotas de água quando atingimos os 10km iniciais e previa-se um resto de manhã solarengo. Ao mesmo tempo começávamos a trepar às primeiras pedras.


Aproveitei a extensa fila do pelotão, que seguia agora a pé e sem hipóteses de ultrapassar num single track algo técnico por entre rochas e pedras, para experimentar a minha mais recente aquisição para a GoPro: um extensor com cerca de 1,50mt.




Quando me preparava para seguir caminho eis que ouço um pequeno barulho vindo do desviador traseiro em simultâneo com um acrescido esforço no pedaleiro, não liguei muito e não foram precisos muitos mais segundos para perceber que acabara de partir o dropout. Obrigado ao gravelho!

Como não sou de desistir fácil e não conhecia esta zona da serra, além de tinha-me imposto a tarefa de fazer o rescaldo video desta prova, pus mãos à obra e, com a ajuda de diversos participantes que me cederam material de trabalho (Patos do Mato e Hugo Neves), transformei a minha Jorbi numa single speed (foto na zona de meta). Ficou tão justa que pensei que iria rebentar antes de chegar à meta, mas cumpri o objetivo!

Após ter perdido uma boa meia-hora de volta da transmissão, lá voltei ao trilho já na companhia dos 2 elementos da Organização que fechavam o percurso.

Fiquei feliz por haver conseguido arranjar a bike pois os trilhos a partir do km10 foram muito bons. Pena foi a mudança que eu coloquei no single speed ser muito baixa: era bom nas subidas mas em patamar fartei-me com pedalar em seco e só com muito perseverança consegui atingir os 14km/h em alguns locais.

 Com força de vontade e espírito lutador afastei-me da dupla que fechava o percurso e passados menos de 10km já comecei a encontrar participantes. Um após outro e num ritmo calmo mas confiante, fui recuperando lugares (poucos), o meu trunfo eram as subidas e as descidas técnicas pois nos rectões não tinha hipóteses algumas.




A maior parte das vezes com a companhia de bonitas paisagens de montanha e chão de pedra, lá fui avançando e diminuindo distância para o final.




Deparei-me com algumas zonas bastante técnicas cuja experiência me aconselharam a apear para evitar maiores prejuízos e garantir a chegada em segurança. O ritmo baixo deu-me assim a oportunidade de poder desfrutar de paisagens e locais magníficos, como as das fotos acima.


O José Silva também foi alvo de azar: teve um pequeno furo que viria a ser ultrapassado, pois o líquido fez o efeito desejado, mas foi obrigado a parar adiante para repor a pressão do ar na roda.


O trilho levou-nos a passar pelo percurso oficial do Caminho de Fátima e Caminho de Santiago que vêm de Lisboa em direção a Fátima. Mais uma zona que desconhecia com os Alvados ali bem próximos.



O abastecimento dos 20km chegou rapidamente. Estava situado numa zona ampla e com bastante staff. Como ia cheio de pressa nem parei. Tinha água e alimento em quantidades suficientes para aguentar até ao próximo abastecimento.


Entre o km21 e o km25 deparei-me com o boss do dia: uma longa e puxada subida onde não apeei e por isso valeu-me mais algumas ultrapassagens.



O David, vindo de férias, esteve em baixo de forma e lutou contra a falta de treino para conseguir manter-se em boa posição, mas um lugar no pódio estava fora de hipótese, pois os concorrentes da sua classe (Vet. C) demonstraram estar bem preparados e nem sinal deles... estavam lá bem para a frente da corrida dos 55km.


Continuava a subir e já me questionava se havia passado a bifurcação das distâncias sem que me tivesse apercebido! Precisei de mais alguns quilómetros para confirmar isso.


O José Silva, que havia estado a rolar no 3.º lugar do seu escalão, caiu para 4.º devido ao furo, mas continuava a dar o litro para conseguir um lugar no pódio.



Finalmente a bifurcação, sensivelmente ao km32. Faltavam aguentar apenas 8km a um ritmo baixo e sem fazer tropelias para que a corrente de tão apertada não partisse e assim chegar ao final para uma vitória pessoal contra as adversidades.


Já na zona de percurso de novo comum a ambas as distâncias, lá fui ultrapassado algumas vezes e pude também ultrapassar mais um ou outro participante mais esbaforido. 


Junto à meta uma zona rápida e com alguns ressaltos, tipo zona espetáculo para gáudio do quase inexistente público. O José Silva, mais uma vez, havia-se ficado pelo 4.º lugar, o que irá colocar em causa o possível pódio no escalão Vet. B no Troféu BTT Concelho de Ourém.


Após a minha chegada bastaram pouco mais de 4 min. para que o David completasse também a sua prova, porém com mais 15km de extensão e bastante maior dificuldade, principalmente na subida ao Delta com passagem junto à entrada para o Vale Garcia. A descida até ao Bairro foi a doer, com bastante pedra a exigir muita concentração e esquecer as dores nos pulsos de tanto ressalto.

O almoço foi na Associação Eirapedrense, ali a poucos metros. Bem confecionado, bem servido e melhor regado. Muito bom, mesmo.

Hugo Neves, o participante da Organização que fechava o percurso da Maratona, a chegar já a meio da tarde, quando muita gente já havia partido para suas casas.

IMPORTANTE: A entrega de prémios relativos às classificações desta prova foi realizada entre as 13H00 e as 14H00. Já a entrega dos prémios referentes aos resultados obtidos pelos atletas no total das 4 provas deste Troféu 2014 terão lugar a 29 de Novembro de 2014, com direito a festa de encerramento com a devida Cerimómia de Entrega dos Troféus 2014 e Lançamento do Troféu 2015, que virá a ter lugar no Lérias Bar (Fátima - Ourém), a partir das 22H30.


Tracks:

ÁLBUNS FOTOGRÁFICOS
CLASSIFICAÇÕES
001.º - 02:32:04 - André Filipe (Atlantic Service/Clube Xelb/Portela Bike)
002.º - 02:34:17 - Luís Martins ((Marrazes/Brejinho/Joficina)
003.º - 02:36:01 - Filipe Oliveira (Fátima BTT Club/Divireis)
059.º - 03:38:02 - David Gonçalves (Zona 55/O Praticante) - 6.º Vet. C
101.º - 05:49:06 - Último

001.º - 01:45:27 - Pedro Pinheiro (Trancoso Bike Team)
002.º -01:47:46 - Cláudio Azóia (Talacha Bike Shop/HC Turquel)
003.º - 01:49:55 - João Simões (Gatões BTT)
023.º - 02:00:36 - José Silva (Zona 55/O Praticante) - 5.º Vet. B
182.º - 03:34:23 - João Valério (Zona 55/O Praticante) - 44.º Vet. B
194.º - 04:22:28 - Último


CLASSIFICAÇÕES FINAIS DO TROFÉU BTT CONCELHO DE OURÉM
EQUIPAS GERAL
01.ª - 1398 - Marrazes/Brejinho/Joficina
02.ª - 0690 - Fuas Bike Team
03.ª - 0648 - Fôjo-Zybex BTT Team
10.ª - 0201 - Zona 55/O Praticante
82.ª - 0003 - Última

VETERANOS C GERAL MARATONA
01.º c/ 64 pontos - Raúl Oliveira (Marrazes/Brejinho/Joficina)
02.º c/ 45 pontos - João Baião (Pinhal Bike Team)
03.º c/ 41 pontos - António Ramos (Marrazes/Brejinho/Joficina)
04.º c/ 16 pontos - David Gonçalves (Zona 55/O Praticante)

VETERANOS B GERAL MARATONA
01.º c/ 308 pontos - Sérgio Salgado (MTB - Mirense Trilhos e Bikes)
02.º c/ 286 pontos - Jaime Vieira (Fuas Bike Team)
03.º c/ 280 pontos - António Marques (Marrazes/Brejinho/Joficina)
40.º c/ 033 pontos - Luís Cancela (Zona 55/O Praticante)
50.º c/ 024 pontos - João Valério (Zona 55/O Praticante)

VETERANOS B GERAL SPRINT
001.º c/ 390 pontos - Gil Azóia (Roodinhas/Santos Silva)
002.º c/ 315 pontos - José Silva (Zona 55/O Praticante)
003.º c/ 230 pontos - Tony Trovão (Fuas Bike Team)
023.º c/ 060 pontos - João Guerra (Zona 55/O Praticante)
130.º c/ 009 pontos - João Valério (Zona 55/O Praticante)
182.º c/ 002 pontos - Pedro Silva (Zona 55/O Praticante)

VETERANOS A GERAL SPRINT
01.º c/ 400 pontos - Cláudio Azóia (Talacha Bike Shop/H.C. Turquel)
02.º c/ 330 pontos - Leandro Brito (G.C. Barquinhense)
03.º c/ 231 pontos - Rogério Trovão (Fuas Bike Team)
53.º c/ 036 pontos - Pedro Lourenço (Zona 55/O Praticante)

Créditos à reportagem
Textos: João Valério
Fotos: Carlos Cunha, Fátima BTT Club, Paulo Ministro, Prálama Bike Team, Tiago Vieira Photography, Urbina Varela, Zona 55 (João Valério).
Vídeo: Zona 55

1 comentário:

Edu disse...

Preciosas fotos de la carrera.

Seguro que lo pasasteis muy bien. Se nota.

Saludos desde Albacete (aquí al lado)...Edu

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...