domingo, 10 de maio de 2015

Participação da equipa (Santa Cita)

Representação a cargo de:
35km - José Silva
55km - João Valério

A equipa da Zona 55 voltou a estar representada nesta 2.ª edição da Rota dos Falcões, em Santa Cita, às "portas" da bonita cidade Tomar, cobrindo ambas as distâncias. 

O pequeno parque de estacionamento destinado aos participantes, que foram mais de 250, rapidamente encheu, o que fez com que todas as ruas nas imediações do local da partida se enchessem com diversas viaturas dotadas de suportes de bikes e/ou atrelados, dando um colorido diferente à pequena localidade.

O local da partida foi espaçoso e a entrada para lá foi original, pois cada participante era obrigado a subir uma pequena rampa de acesso a um palco onde, após a picagem do controlo 0, voltava a descer por uma outra rampa de regresso ao piso térreo.

Às 9 horas, conforme estipulado pela Organização, foi dada a partida. A ansiedade era muita, pois a ampla divulgação de diversos trilhos abertos propositadamente para este evento convenceu muita gente a estar presente, apesar de haver outros eventos alternativos na região. 

Os primeiros quilómetros foram em asfalto, primeiro a descer (yupi!) e a depois a subir (puf puf).


Antes de nos lançarmos no ataque aos trilhos em piso de terra batida, a despedida da zona inicial em alcatrão foi apoteótica, pois a transição ocorreu nada mais, nada menos, que pelo interior de uma desativada fábrica onde foi criada uma pista indoor. Foi muito fixe!



Esperavam-nos formidáveis trilhos, bem durinhos e técnicos por sinal. Quem esperava facilidades, como foi o meu caso, depressa caiu na realidade.

Uma das passagens mais bonitas foi sem dúvidas a zona junto à foz do Rio Nabão e a subida até à Barragem de Castelo do Bode, onde se situava a 1.ª zona de abastecimento. Como é normal, muitos parvos largaram as bikes no meio do caminho que deveria ficar livre e lançaram-se aos morfes, borrifando-se para os outros, barrando-lhes assim o caminho.



A pura da loucura foi sensivelmente a meio dos percursos, onde parece que fomos transportados ao paraíso dos bttistas, tantos e tão bons foram os single tracks, para todos os gostos. A parte mais fantástica foi uma zona junto a uma ribeira ao longo de umas boas centenas de metros sob grande arvoredo.

As marcações estiveram impecáveis, tal como o staff e as zonas de abastecimentos. Nos principais cruzamentos rodoviários tivemos toda a segurança necessária.

Fomos ainda brindados com alguns túneis e pequenas linhas de água, o que fez a delícia de muitos dos participantes, como foi o meu caso.

Os single tracks e áreas personalizadas duraram mesmo até ao derradeiro km. O percurso pareceu uma pista de XCO do campeonato do mundo, mas sem as repetitivas voltas. O já muito calor é que não ajudou muito à festa...

Os balneários estiveram situados logo juntinho da meta e dos carros do pessoal. Ali ao lado o café da associação local ajudou ao arrefecimento com a venda da bela da bejeca. Ao almoço não tive companhia, pois o Zé tinha compromissos familiares e despediu-se sem comer.

Mini Raid 35km
001.º - 01:33:08 - David Conde (AportSports/Podio/G.C. Barquinhense)
002.º - 01:34:24 - Rui Ventura (individual)
003.º - 01:36:06 - André Daniel (G.C. Barquinhense)
014.º - 01:47:09 - José Silva (Zona 55 Bike Team)
168.º - 04:11:57 - Último 

Raid 55km
001.º - 02:31:44 - Hugo Moreira (AportSports/Podio/G.C. Barquinhense)
002.º - 02:31:49 - Rui Pires (Templários BTT)
003.º - 02:32:34 - Vasco Santos (Pinabike)
042.º - 03:34:50 - João Valério (Zona 55 Bike Team)
098.º - 05:10:00 - Último


ÁLBUNS FOTOGRÁFICOS
Art Photo
Bruno Ferreira
Jaime Rosa 1
Jaime Rosa 2
João Dropzone
Lobos da Serra Loureiro
Urbina Varela I
Urbina Varela II

Track do percurso 2.º Raid Falcões BTT


Vídeo rescaldo


Créditos à reportagem
Texto: João Valério
Fotos: Art Photo, Bruno Ferreira, Jaime Rosa, João Dropzone, Lobos da Serra Loureiro e Urbina Varela
Vídeo: Zona 55

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...